FASE DE ACABAMENTO DE OBRAS

PG confirma que o Conjunto Habitacional Praia de Caieiras tem previsão de entrega até dezembro

No total, serão entregues 62 unidades habitacionais

Da redação
Publicado em 14/11/2022, às 19h30 - Atualizado às 19h40

FacebookTwitterWhatsApp
Conjunto Habitacional Praia de Caieiras tem previsão de conclusão para até o final do ano Conjunto Habitacional Praia de Caieiras Conjunto habitacional em construção em Praia Grande - Reprodução
Conjunto Habitacional Praia de Caieiras tem previsão de conclusão para até o final do ano Conjunto Habitacional Praia de Caieiras Conjunto habitacional em construção em Praia Grande - Reprodução

Com entrega prevista até o final do ano, o Conjunto Habitacional Praia de Caieiras, no Bairro Tupiry, entra na fase de acabamento das obras, em Praia Grande. De acordo com a prefeitura, parte das unidades já está pronta, outra parte passa pelos acertos finais. O local tem, ao todo, 62 unidades.

Os imóveis possuem, em média, 50 m² de área construída, subdivididos em dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço. O conjunto conta ainda com duas unidades adaptadas. A medida atende pessoas com necessidades especiais que fazem parte do programa habitacional da cidade.

As áreas onde são erguidas as unidades recebem total infraestrutura, com ênfase em pavimentação, sistema de esgoto e drenagem, segurança, além de equipamentos nas áreas de Saúde e Educação.

A prefeita de Praia Grande, Raquel Chini, destacou que o conjunto será entregue com infraestrutura completa. “O local terá ruas, possibilitando que serviços como as coletas de lixo e seletiva, além do funcionamento da linha de ônibus e ainda atendimentos com veículos dos setores de segurança e saúde sejam desenvolvidos com tranquilidade”.

Recentemente, o secretário de Habitação de Praia Grande, Anderson Mendes, realizou vistoria técnica na obra. “Desta forma, temos condições de analisar o andamento da obra e todos os serviços que estão sendo efetuados. Praia Grande segue com importantes realizações na área da habitação”, disse.

Os futuros proprietários destes imóveis são moradores que habitavam a área da Estação de Tratamento da Sabesp, no mesmo bairro.

Leia também: Jovens do Instituto Campb dão show de empreendedorismo; saiba mais

Comentários

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!