RESPOSTA IMEDIATA

Em São Vicente (SP), mulher roubada recupera pertences misteriosamente após registro da ocorrência

Foram aproximadamente 12 horas de lacuna entre o crime e a devolução. Abordagem aconteceu em bairro movimentado

da Redação
Publicado em 30/06/2021, às 14h48 - Atualizado às 15h39

FacebookTwitterWhatsApp
Criminosos tinham levado bolsa da vítima, com celular, fone de ouvido, habilitação e carteira de convênio médico - Reprodução/ PxHere - imagem meramente ilustrativa
Criminosos tinham levado bolsa da vítima, com celular, fone de ouvido, habilitação e carteira de convênio médico - Reprodução/ PxHere - imagem meramente ilustrativa

Uma moradora de São Vicente (SP) assaltada na manhã de terça-feira, 29, levou aproximadamente 12 horas para recuperar os pertences levados pelos criminosos. O crime aconteceu no bairro Gleba II, a poucos metros do viaduto Parque das Bandeiras.

Clique e faça parte do nosso grupo no WhatsApphttp://bit.ly/CostaNortesonoticias4 & receba matérias exclusivas. Fique bem informado! 📲

Os dois criminosos, que estavam em uma moto, tinham levado a bolsa da vítima, com um celular Samsung J7 pró, fone de ouvido sem fio, habilitação e carteira de convênio médico. Isso por volta das 6h15.

Os itens foram encontrados no final da tarde em uma calçada próxima ao local da abordagem, curiosamente minutos após o registro da ocorrência.

A vítima chegou a publicar apelo nas redes sociais pedindo a colaboração da população no caso de alguém achar algum dos materiais e lamentou o crime. “Eu não sabia se estavam armados ou não, mas o melhor sempre é não reagir”, disse ela.

Não reação

O mês passado reservou bons números no que tange o combate à criminalidade nas cidades da Baixada Santista, no litoral de São Paulo. Segundo balanço divulgado pela Secretaria Estadual de Segurança Pública o crime de latrocínio (roubo seguido de morte) foi zerado e houve redução também em roubos de veículos. Relembre:

Baixada Santista zera latrocínios, reduz homicídios dolosos e tem leve alta em roubos gerais em maio

Denúncias

Quem tiver informações complementares que possam auxiliar na investigação destes ou de casos semelhantes pode efetuar denúncia às policias Civil e Militar pelos telefones 181 e 190 respectivamente. A identificação não é necessária.

Comentários

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!