Interdição do Gringão continua até projeto de reforma ser finalizado

manolo
Publicado em 10/11/2017, às 09h14 - Atualizado em 23/08/2020, às 16h13

FacebookTwitterWhatsApp
manolo
manolo
Estrutura ficou comprometida depois de uma forte tempestade em agosto do ano passado, quando parte do telhado desabou

 Nada de gols, defesas, saques, pontos, rebotes ou cestas. Ponto de encontro de esportistas da cidade e um dos principais locais de competições esportivas, o ginásio José de Souza, o 'Gringão', no Topovaradouro, em São Sebastião, está interditado desde o dia 21 de agosto do ano passado. O motivo da interdição foi o desabamento de parte do telhado, após uma forte tempestade acompanhada de rajadas de vento. De acordo com a avaliação dos técnicos da prefeitura, a magnitude do raro evento natural provocou a destruição do telhado e o comprometimento do restante da estrutura. Ferragens retorcidas e deterioradas também resultaram em cerca de três centímetros de descolamento entre a parede de fundo e as colunas de sustentação. A prefeitura de São Sebastião informou, em nota, que o projeto de adequação e reforma do ginásio de esportes Otoniel Santos, o Gringão, no Varadouro, está em fase de elaboração pela Secretaria de Obras, e que, assim que for finalizado será licitado para dar início às obras. Para Júlio Torres de Lima Filho, de 36 anos, morador do bairro da Topolândia, e atleta da equipe de handebol de São Sebastião, o ginásio representa seu início no esporte: “O Gringão tem uma grande importância para mim. Foi lá que comecei a jogar handebol representando a cidade. Tenho muitas histórias boas e ruins do ginásio, no qual comecei a dar valor ao esporte. Lá conheci várias pessoas que até hoje são meus amigos”. Já o professor de educação física Reginaldo Ferreira Prates, de 38 anos, morador do bairro do Canto do Mar, começou a frequentar o Gringão aos 14 anos e lamenta a situação do equipamento: “O Gringão é patrimônio do esporte sebastianense. Local em que muitos jovens começaram e consolidaram sua paixão pelo esporte. Tem um grande significado histórico e cultural pra nossa cidade. Infelizmente, é um ginásio ultrapassado, com estrutura física que não atende mais à prática de algumas modalidades. A construção de um novo ginásio seria o ideal. Isso, no mesmo local, tentando manter suas características arquitetônicas”.

 São Sebastião

Cláudio Rodrigues

Foto: Cláudio Rodrigues

Comentários

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!