Turismo Científico

Costa Norte
Publicado em 30/04/2014, às 18h40 - Atualizado em 23/08/2020, às 14h18

FacebookTwitterWhatsApp
Costa Norte
Costa Norte
Com 166 espécies registradas cidade entrou para a Rota de Observação

Os apreciadores de aves em liberdade podem comemorar mais uma conquista. Por meio da parceria entre a prefeitura de Guarujá e a Primeira Brigada de Artilharia Antiaérea, o Forte dos Andradas abre suas portas para cientistas e pesquisadores de aves. Na sexta-feira, 25, um grupo de observadores e autoridades da prefeitura e do Comando Militar reuniram-se para lançar o projeto Guarujá BIRD Watchhine Forte dos Andradas. Com 166 espécies registradas, que podem ser conferidas no site www.wikiaves.com, Guarujá entrou para a Rota de Observação. O Forte dos Andradas foi escolhido por ser adequado e seguro para a prática. Isso porque, além do acesso restrito, possui fauna e flora propícia para habitat de diversas espécies, favorecendo a contemplação. Segundo o biólogo e ornitólogo Ricardo Arouca Júnior, Guarujá está apto para integrar o roteiro de observação de aves: “A parceria com o Forte dos Andradas vai oferecer segurança e diversidade de espécies necessárias para a prática. Os observadores de aves são pessoas seletivas e primam pela segurança, tanto das trilhas a ser percorridas quanto a preservação do material fotográfico que são caríssimos”. O projeto Rota de Observação foi iniciado em Guarujá em 2009 e várias ações institucionais foram realizadas no sentido de fortalecer este ramo do turismo na cidade. No Forte dos Andradas, a contemplação deverá obedecer às regras da instituição, dentre elas o agendamento prévio e o compromisso de conduta relacionada à segurança. O Forte dos Andradas fica na ponta de Monduba, ao sul da ilha de Santo Amaro. É uma área militar localizada no fim da praia do Tombo. Há uma trilha de 2.500 metros de subida até alcançar o túnel com 150 metros escavado na rocha, com canhões de 280 mm, e instalações da 2ª Guerra Mundial em meio à Mata Atlântica preservada e virgem.

Comentários

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!