Prefeitura do Guarujá assina contrato com a CEF para compra do conjunto Vila do Sol

Costa Norte
Publicado em 08/06/2012, às 09h34 - Atualizado em 23/08/2020, às 13h42

FacebookTwitterWhatsApp
Costa Norte
Costa Norte

A prefeitura de Guarujá e a CEF (Caixa Econômica Federal) assinaram contrato de compra do Conjunto Habitacional Vila do Sol, localizado no bairro Morrinhos, na avenida Antenor Pimentel, 300. A cerimônia ocorreu quarta-feira (06), na sala de reunião do Paço Municipal Moacir dos Santos Filho. Há dois anos, a prefeita Maria Antonieta de Brito (PMDB), conforme informou a prefeitura, iniciou as tratativas para compra do empreendimento, que foi construído em 2003, porém, nunca habitado por problemas estruturais. Em outubro de 2011, a Administração enviou o projeto de lei para a Câmara de Vereadores — que aprovou a compra da área, sendo sancionada no início de dezembro. “É um antigo desejo transformar aquelas residências abandonadas em ‘casa de verdade’, dignas para nossa população morar”, disse a prefeita.

Demolição De acordo com o diretor de Infraestrutura e Habitação da cidade, Carlos Alberto Souza, o empreendimento conta atualmente com 488 unidades. Com a consolidação da compra será feita a demolição do espaço, que dará lugar para prédios de três pavimentos. “A intenção é construir 832 residências, sendo que 400 serão destinadas para a 4ª etapa do programa Favela Porto Cidade, atendendo os moradores dos bairros Prainha e Sítio Conceiçãozinha, em Vicente de Carvalho. As outras 432, serão designadas para o Minha Casa Minha Vida, contemplando famílias de baixa renda”, estimou o diretor.

Estrutura Os prédios que serão erguidos terão três pavimentos, mais a área térrea, e abrigarão quatro famílias em cada andar, perfazendo um total de 16 famílias por edifício. As residências no térreo serão destinadas para idosos ou pessoas com deficiência ou necessidades especiais, que necessitam de espaços com acessibilidade. O projeto contempla ainda uma área livre para as crianças brincarem e um espaço que poderá ser utilizado como garagem. Recursos Os recursos destinados para a compra deste empreendimento são provenientes de um convênio firmado entre a prefeitura e as empresas operadoras do sistema ferroviário do Porto – MRS Logística S.A. e ALL (América Latina Logística).

Comentários

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!