Bolsa Atleta Municipal é criada no Guarujá

Costa Norte
Publicado em 04/02/2012, às 05h12 - Atualizado em 23/08/2020, às 13h34

FacebookTwitterWhatsApp

O sonho que os atletas têm de representar sua cidade em um evento esportivo e ter o reconhecimento financeiro mensal por isso já é uma realidade, em Guarujá. No último dia 26, a prefeita Maria Antonieta de Brito (PMDB) assinou decreto que regulamenta a lei Bolsa Atleta Municipal. O benefício visa possibilitar que guarujaenses representem a cidade em competições esportivas e mantê-los em Guarujá, recebendo auxílio em dinheiro da própria prefeitura.

“É um novo momento que o esporte de Guarujá começa a viver. Lutamos para chegar a este patamar e, hoje, podemos dar apoio aos nossos esportistas. A Bolsa Atleta é uma luta de todos os esportistas que dia-a-dia buscam seu melhor, às vezes, sem patrocínio, para brilhar”, destacou Antonieta.

Com a nova legislação, atletas de diferentes esportes de disputa poderão ser beneficiados.

Categorias

De acordo com a lei, o programa será dividido para esportistas que tenham se destacado em 4 categorias: estadual; nacional; internacional; e categoria atleta olímpico e paraolímpico, que apenas são contemplados para atividades reconhecidas pelo COB (Comitê Olímpico Brasileiro) e pelo Comitê Paraolímpico Brasileiro, assim como aqueles de rendimento nas modalidades esportivas vinculadas ao COI (Comitê Olímpico Internacional) e ao Comitê Paraolímpico Internacional.

Também serão concedidas bolsas para os esportistas nas modalidades dos Jogos Oficiais do Estado de SP, como Jogos Abertos e Regionais. Todo o repasse do Bolsa Atleta será feito pela prefeitura, pelo prazo de 05 ou 10 meses de duração, de acordo com avaliação da Secretaria.

Pré-requisitos

Os pré-requisitos básicos para o atleta se candidatar ao programa são: residir em Guarujá; ser brasileiro ou naturalizado; estar em plena atividade esportiva; e ser atleta federado por Guarujá ou por instituição esportiva de prática situada no município. Todos os projetos aprovados serão acompanhados pela Secretaria, considerando metas técnicas, e todas as atribuições que o desportista e o poder público têm um com o outro.

Modalidades contempladas:

Municipais - Atletismo, Basquetebol, Bocha, Boxe, Canoagem, Ciclismo, Futebol, Ginástica, Handebol, Judô, Natação, Taekwondo, Tênis, Tênis de Mesa, Triatlon, Vela e Voleibol

Estaduais - Futebol, Voleibol, Judô, Boxe, Basquetebol, Handebol, Natação, Tênis, Tênis de Mesa, Ciclismo, Ginástica Rítmica, Ginástica Artística, Biribol, Capoeira, Taekwondo, Malha, Bocha, Dama, Atletismo, Vôlei de Praia, Xadrez, Futsal e Karatê.

 Valores de bolsas mensais: - Atleta estadual: R$ 300 - Atleta nacional: R$ 400 - Atleta internacional R$ 500 - Atleta olímpico ou paraolímpico R$ 600

Mais detalhes: Secretaria de Esporte e Lazer (av. Santos Dumont, 420, Santo Antônio.

Comentários

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!