Serviço de Verificação de Óbito do Estado confirma caso de meningite

Costa Norte
Publicado em 27/04/2012, às 14h39 - Atualizado em 23/08/2020, às 13h39

FacebookTwitterWhatsApp

Laudo do SVO (Serviço de Verificação de Óbito), órgão da Secretaria de Estado da Saúde, confirmou como meningite bacteriana a causa da morte de um estudante cubatense de 14 anos, no Hospital Ana Costa. Em exame preliminar, divulgado na semana passada, logo após o óbito, o próprio SVO havia descartado a doença como causa depois de terem sido realizados exame do líquor (líquido da espinha), hemocultura e presença de cultura nos pulmões. No 4º exame, realizado em tecidos cerebrais, foi detectada a bactéria W135, causadora da meningite.

Raro no Brasil Esse tipo de bactéria, extremamente raro no Brasil, é endêmica em países africanos, sendo assim isolado o caso na cidade. Assim, Cubatão não corre nenhum risco de epidemia, segundo a diretora do Departamento de Vigilância à Saude, Maria Adelaide Gonzales. “Foi um caso isolado”, assegurou. Assim que foi registrado o falecimento, a Secretaria Municipal da Saúde adotou as necessárias medidas de quimioprofilaxia que constam do protocolo estabelecido pelo Ministério da Saúde para este tipo de situação.

Procedimentos Os procedimentos consistem em medicar com antibiótico as pessoas que tiveram contato íntimo e prolongado com o paciente. No caso específico, familiares e alguns amigos que jogaram videogame com o menino na véspera. A Secretaria também disse que encaminhou um médico infectologista para orientar familiares, professores e amigos do estudante falecido. O infectologista esteve inclusive na UME Bernardo José Maria de Lorena (onde o menino estudava) e conversou com a direção, professores e pais de alunos, afirmou a prefeitura.

Comentários

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!