Prefeitura de Cubatão apresenta aos comerciantes a remodelação da av. Nove de Abril

Costa Norte
Publicado em 16/09/2011, às 06h56 - Atualizado em 23/08/2020, às 15h25

FacebookTwitterWhatsApp
Costa Norte
Costa Norte

Em reunião com 25 dos 125 comerciantes de Cubatão, na prefeitura, foram apresentados na noite de segunda-feira (12), o detalhamento e o cronograma das obras de remodelação da avenida Nove de Abril. Um trecho-piloto já está sendo realizado, entre o Parque Anilinas e a rua Canadá, com as implementações previstas, para que a população possa ver em termos práticos como ficará a via. As obras, conforme a prefeitura, serão feitas por etapas, de modo a reduzir, ao mínimo, a interferência com a atividade comercial, e o projeto já prevê futuras intervenções, como a implantação de ciclovia. O encontro foi conduzido pelo secretário de Obras, Silvano Lacerda e teve a presença da prefeita Márcia Rosa (PT), que trocou ideias com os participantes sobre questões como a futura manutenção da avenida. Márcia lembrou estarem sendo cogitados programas de incentivo à apropriação da avenida pelo público, para uso pleno e organizado mesmo à noite, tornando-a um ponto de encontro para eventos de lazer promovidos pelos comerciantes, com música ao vivo, mesas e cadeiras. "Dá para tornar a Nove de Abril maravilhosa", ressaltou.

Fluxo de veículos Um dos principais objetivos é também desviar para vias próximas parte considerável do fluxo de veículos da avenida, principalmente nos horários de início e fim de expediente. Para isso, haverá uma adequação importante na confluência das avenidas Nove de Abril e Bernardino de Pinto Gomes, para que o trânsito desta em direção ao Casqueiro atravesse a Nove de Abril, evitando a região central.

Cronograma Silvano explicou que está sendo executado um trecho piloto, desde o Parque Anilinas até a Rua Canadá, para que as pessoas tenham uma ideia melhor de como ficará a avenida. As obras prosseguirão em 2 frentes: em continuação ao trecho piloto, até a av. Joaquim Miguel Couto, e a outra, no sentido contrário, da margem do Rio Cubatão até a rua São Paulo. A intenção é que em dezembro, esses trechos iniciais estejam concluídos, com micro-etapas de 20 a 30m lineares para evitar excessiva obstrução das calçadas, que prejudicaria a atividade comercial. Pela mesma razão, no período natalino, as obras na região central serão interrompidas, e as equipes deslocadas para o trecho entre o Parque Anilinas e a Estação das Artes, voltando ao segmento central no início de 2012

Comentários

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!