Independência é a campeã pela 8ª vez consecutiva, em Cubatão

Costa Norte
Publicado em 24/02/2012, às 14h19 - Atualizado em 23/08/2020, às 13h35

FacebookTwitterWhatsApp
Costa Norte
Costa Norte

Com 195,5 pontos cada uma, as escolas de samba de Cubatão, Independência e a Nações Unidas chegaram ao final da apuração, que precisou seguir os critérios de desempate sagrando a primeira agremiação como a vencedora do Desfile Oficial, nesta segunda-feira (20), no Centro Esportivo Castelão. Para resolver o impasse, estabelecido pelas altas notas em todos os quesitos, usou-se o disposto em decreto municipal, de 30 de janeiro de 2012, no previsto em seu artigo 41. Esta foi a 8ª vez consecutiva em que a Independência levou o título de campeã do Carnaval de Cubatão. Segundo o texto legal, deveriam ser revistas as notas de alguns quesitos, até que em algum deles as escolas tivessem nota diferente uma da outra. Foram idênticas as pontuações em “bateria” e em “mestre sala e porta bandeira”.

A conquista Até ali, as duas tinham obtido sempre a nota 10. O próximo critério a ser levado em conta foi o enredo, ficando então a Nações Unidas com duas notas 9,5, enquanto a Independência havia conquistado duas notas 10. Em cada quesito, cada escola recebeu duas notas. A Unidos do Morro também obteve bom resultado, atingindo 181,5 de média final. Para o presidente da Independência, Severino Oliveira, o Tatai, a conquista da escola veio coroar o esforço que se traduziu em suas palavras da seguinte maneira: ”Trabalho muito forte; muito ensaio e força da comunidade.”

O enredo Para falar do que foi crucial para a obtenção do sucesso na disputa, o enredo (no qual teve nota maior que sua antagonista), a Independência levou à avenida: ‘Uma Viagem Cultural à Legendária Bahia’. Apresentou a Bahia de seus ícones culturais. De gente como os notáveis da MPB, ou seja, de Caetano, Gilberto Gil, e da literatura, por cuja arte se encontrou homenageado Jorge Amado.

Comentários

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!