SONHO ADIADO

Moradores de Bertioga clamam por habitação: “Até quando vamos esperar?”

Famílias aguardam entrega das chaves do condomínio Quaresmeira, no bairro Jardim Raphael; CDHU afirma que reforma termina em julho

Matheus Alves
Publicado em 09/06/2024, às 12h58 - Atualizado em 10/06/2024, às 12h31

FacebookTwitterWhatsApp
Famílias de São Sebastião desocuparam o condomínio Quaresmeira em novembro - Reprodução/Internet
Famílias de São Sebastião desocuparam o condomínio Quaresmeira em novembro - Reprodução/Internet

Em meados de março do ano passado, o governo de São Paulo tomou a decisão de emprestar, pelo prazo de oito meses, 300 apartamentos do condomínio Quaresmeira, no bairro Jardim Raphael, em Bertioga, para as vítimas das chuvas de São Sebastião. Mais de um ano depois, as pessoas que sofreram em decorrência da calamidade pública já deixaram as moradias e seguem suas vidas em novos conjuntos habitacionais construídos pelo governo estadual.

No entanto, apesar de 10 anos de espera, os moradores de Bertioga, originalmente os donos dos apartamentos do condomínio Quaresmeira, ainda não receberam as chaves dos imóveis.

𝗙𝗮𝗰̧𝗮 𝗽𝗮𝗿𝘁𝗲 𝗱𝗼 𝗻𝗼𝘀𝘀𝗼 𝗰𝗮𝗻𝗮𝗹

A equipe do Portal Costa Norte conversou com algumas dessas pessoas, que optaram por não ser identificadas. De acordo com os relatos, em novembro de 2023, as famílias de São Sebastião desocuparam o condomínio Quaresmeira, porém, com sérios danos às moradias, como janelas e portas quebradas. A Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano do Estado de São Paulo é a responsável tanto pela construção dos edifícios quanto pela manutenção, e, segundo a empresa estatal, seria necessário fechar o condomínio e realizar obras de reparos.

De acordo com o CDHU, o prazo inicial para a reforma seria de três meses, com início em novembro do ano passado e término em fevereiro deste ano, porém, os trabalhos seguem até hoje.

De acordo com a presidente da entidade Frente Paulista de Habitação Popular do Estado de São Paulo, Maria Bezerra, mais conhecida como Socorro, por causa do empréstimo dos apartamentos e demora na entrega da reforma, será necessário realizar uma nova análise dos documentos encaminhados pelos donos originais, para que assim essas pessoas possam de fato assinar as escrituras e receberem as chaves de suas casas.

Por enquanto, os moradores de Bertioga, que foram sorteados para receber a casa própria, terão que adiar o sonho, que já soma mais de 10 anos de expectativas.

Resposta da CDHU na íntegra:

A CDHU esclarece que o Estado disponibilizou 300 apartamentos do conjunto habitacional Quaresmeiras, em Bertioga para atendimento das famílias desabrigadas ou que se encontravam em situação de grave risco. A ação foi uma medida emergencial e provisória, enquanto a SDUH viabilizava a construção das unidades habitacionais permanentes em São Sebastião.

As famílias que foram instaladas provisoriamente no Residencial Quaresmeiras, em Bertioga, já foram transferidas pela CDHU para os empreendimentos de Maresias e Baleia Verde. A companhia iniciou a reforma destas 300 unidades em março de 2024, que estão em fase avançada para a devolução definitiva para a entidade Frente Paulista de Habitação Popular do Estado de São Paulo. Também estão em andamento os serviços de limpeza das redes condominiais de esgotos e reforma do Centro de Apoio ao Condomínio – CAC. A conclusão e entrega está prevista julho de 2024 a partir da renovação do Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros, processo que já em andamento, condição essencial para a ocupação pelos futuros moradores.

O Governo de SP entregou em prazo recorde as 704 novas moradias definitivas para famílias afetadas pelas chuvas extremas ocorridas em São Sebastião. Foram 186 apartamentos em Maresias e outros 518 na Baleia Verde. Os apartamentos foram entregues equipados com geladeira, fogão, forno micro-ondas, tanquinho, camas.

*resposta recebida na segunda-feira (10)

Matheus Alves

Matheus Alves

Formado em 2019 pela Universidade Paulista (Unip-Santos). Atua nas áreas de política e cultura geek.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!