400 aderem à greve da Petrobras

Costa Norte
Publicado em 30/10/2015, às 08h42 - Atualizado em 23/08/2020, às 14h46

FacebookTwitterWhatsApp
Costa Norte
Costa Norte

*Foto: FNP

Cerca de 400 trabalhadores, parte de São Sebastião, parte de Caraguatatuba, aderiram à greve dos funcionários da Petrobras, na quinta-feira, 29, no litoral norte.  Em todo o litoral paulista, a adesão alcançou 2.100 trabalhadores. Em nota, a assessoria da Federação Nacional dos Petroleiros (FNP), explicou: “Estamos em período de campanha salarial e a empresa está oferecendo um índice menor que a inflação do período, além da retirada de muitos dos nossos direitos. Além disso, lutamos também contra a política de desinvestimento pela qual a estatal está sendo submetida”.

A negociação na tarde da quarta-feira, entre o RH da Petrobras e as representações da FNP e dos sindicatos filiados teria avançado, com novas concessões por parte da estatal, mas a categoria petroleira afirma que não aceitará proposta rebaixada em relação ao acordo em vigor, nem índice de reposição inferior à inflação do período, o que tem mantido o impasse.

Os grevistas também se manifestam contra o Plano de Desinvestimento, que, segundo os sindicalistas, “vende ativos lucrativos e rebaixa direitos”. O Conselho de Administração da Petrobras já anunciou a venda de 49% da Gaspetro. Os representantes da FNP exigiram da companhia explicações mais detalhadas sobre essa decisão e todo o Plano de Desinvestimento. A companhia comprometeu-se a fazer uma apresentação, por meio do diretor responsável.

A paralisação continuava até o fechamento dessa edição, com rediscussão em assembleia agendada para a noite de sexta-feira.

Comentários

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!