EBC Internacional

Agências de inteligência não sabem origem da pandemia

EBC Internacional
Publicado em 24/06/2023, às 12h05

FacebookTwitterWhatsApp
© Rovena Rosa/Agência
© Rovena Rosa/Agência

As agências de inteligência dos Estados Unidos não encontraram evidências diretas de que a pandemia de covid-19 começou em um incidente no Instituto de Virologia de Wuhan, na China, revela um relatório liberado nessa sexta-feira (23).

O documento de quatro páginas afirma que as agências de inteligência ainda não podem descartar a possibilidade de que o vírus tenha vindo de um laboratório, no entanto, elas não foram capazes de descobrir as origens da pandemia.

Incapacidade

“A Agência Central de Inteligência e outra agência continuam incapazes de determinar a origem precisa da pandemia do covid-19, pois ambas as hipóteses (naturais e de laboratório) dependem de suposições significativas ou enfrentam objeções com relatórios conflitantes”, informa o relatório.

As agências disseram que, embora um "trabalho extensivo" tenha sido conduzido no instituto de Wuhan (IVW), elas não encontraram evidências de um incidente específico que pudesse ter causado o surto.

“Continuamos a não ter nenhuma indicação de que as pesquisas pré-pandêmicas do IVW incluíam SARSCoV-2 ou um progenitor próximo, nem qualquer evidência direta de que um incidente específico relacionado à pesquisa ocorreu envolvendo pessoal do IVW antes da pandemia que poderia ter causado a pandemia de Covid", afirma o relatório.

Fonte: EBC Internacional

Comentários

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!