Cientistas brasileiros registraram o primeiro caso de dicefalia (duas cabeças) em um tubarão bagre (Squalus acanthias) em Peruíbe, no litoral sul de São Paulo.

Participe dos nossos grupos ➤ http://bit.ly/COSTAINFORMA8 📲 Informe-se, denuncie!

A equipe de pesquisadores envolvida é do Instituto de Biologia Marinha e Meio Ambiente-IBIMM, da Faculdade de Medicina Veterinária da USP-SP, formada pelo biólogo e anatomista veterinário professor doutor Edris Queiroz, bióloga mestre Luana Felix; e do Instituto de Pesca de Santos, com o professor doutor Alberto Amorim e doutor Eduardo Malavasi.

O artigo foi publicado na 'Revista Internacional Brazilian Journal Publicações' e é o primeiro caso de dicefalia em uma espécie de tubarão bagre no mundo. Outro espécime, encontrado em 1934, tinha apenas o crânio deformado e foi considerado um monstro na época.

Fonte: IBIMM