Rodoviária deve levar seis meses para entrar em funcionamento

Costa Norte
Publicado em 16/11/2012, às 19h17 - Atualizado em 23/08/2020, às 13h52

FacebookTwitterWhatsApp
Costa Norte
Costa Norte

Por Eliana Cirqueira

Terminal abrange área de 1.100 m² e conta com investimento de R$ 1,18 milhão

A Rodoviária Municipal de Bertioga, localizada no bairro Vista Linda, próxima à rodovia Rio-Santos (SP-55) deverá levar seis meses para entrar em funcionamento. A informação é da Secretaria de Obras e Serviços Urbanos do município. Prevista para ser entregue inicialmente em junho deste ano, a obra ainda não foi concluída e, no local, somente a estrutura principal está pronta. De acordo com o secretário da pasta, José Marcelo Marques, a implantação de ‘alças’ de acesso entre a rodovia e a av. Marginal (onde a rodoviária está localizada) também pode prejudicar o funcionamento da rodoviária. Isso porque essa melhoria tem que ser realizada em conjunto pela municipalidade e o DER (Departamento de Estradas e Rodagens), órgão responsável pela via estadual.

Empreendimento Para a conclusão da obra da rodoviária, ainda faltam ser feitas: pavimentação; piso; pátio, onde os ônibus farão o embarque e desembarque; e todo o entorno do terminal de passageiros. A construção do terminal rodoviário, que abrange uma área de cerca de 1.100 m² (área construída), conta com investimento de R$ 1,18 milhão, sendo R$ 1 milhão proveniente de verba parlamentar e o restante é contrapartida da prefeitura. A execução do empreendimento é da empresa PS Engenharia Construção e Comércio Ltda. A obra começou a ser realizada no início de 2011. “Enquanto edificação, ela [a rodoviária] está concluída, falta fazer a pavimentação dos pátios onde os ônibus vão parar. É uma obra que necessitou de um aterro de mais de 80cm [de altura]. Esse aterro, tivemos que fazer e esperar certo tempo para compactar e depois poder concluir a pavimentação”, explicou o secretário.

Rotatórias Outra questão que Marques apontou como problema é a obra de acesso entre a rodovia Rio-Santos e a av. Marginal, que dão acesso ao futuro Terminal de Passageiros. “Pretendíamos aguardar a execução da obra [pelo DER], ou ao menos o projeto ficar pronto, para podermos interligar a rodovia com a marginal, dando acesso até o trecho da Rodoviária”, informou. Mas, de acordo com o secretário, o DER informou, na última semana, que a instalação dessa rotatória provavelmente não acontecerá nesse momento. “O DER fez a licitação desses acessos [em trechos da rodovia, em Bertioga] e a notícia que tive é que provavelmente essa licitação vá ser cancelada e terão que fazer uma nova. Parece que houve um problema com referência ao volume de aterro necessário nessa área”, destacou. O secretário ainda informou que o município, a partir de agora, começa a estudar ‘alternativas’ de acesso a Rodoviária, para que a obra possa ser entregue até fevereiro e o local esteja funcionando até meados de 2013.

DER Questionado, o DER informou, por meio de nota, que “estuda a contratação de projeto executivo para execução de obras de implantação do dispositivo [rotatória]. Cabe ressaltar que o DER contará com a participação da prefeitura para a viabilização da obra, uma vez que as melhorias executadas por este órgão serão realizadas no trecho sob jurisdição estadual. A contrapartida do município será na melhoria do viário urbano para acesso ao Terminal.”

Comentários

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!