PERB já conta com R$ 2,8 milhões para custeio

Costa Norte
Publicado em 18/11/2011, às 15h34 - Atualizado em 23/08/2020, às 13h29

FacebookTwitterWhatsApp
Costa Norte
Costa Norte

Por Ana Cláudia Gomes

 O PERB (Parque Estadual Restinga de Bertioga) já conta com verba de custeio de mais de R$ 2,8 milhões. A informação foi transmitida ao Conselho Consultivo do parque, em reunião nesta sexta-feira (18), na Casa da Cultura do município. Duas representantes da FF (Fundação Florestal), Ana Carolina Honora e Tatiana Bressan, participaram da reunião, a pedido do gestor do PERB, Carlos Sérgio Santos, para atender a alguns questionamentos feitos tanto pelos membros do Conselho, quanto pela comunidade.

Compensação ambiental

Um dos questionamentos foi sobre o valor disponível pelo Estado para utilização no PERB, que, atualmente, tem contado com a colaboração da prefeitura de Bertioga.

Segundo Ana Carolina, o valor já destinado para custeio é proveniente de 4 processos de compensação ambiental, sendo que 3 deles, o dinheiro já está disponível.

Postos de vigilância

Um dos recursos, no valor de R$ 958 mil, de processo ambiental da EMTU (Empresa Metropolitana de Transporte Urbano) será utilizado para a contratação de 6 postos de vigilância móvel e 4 fixos, locação do imóvel destina à administração do PERB, elaboração do Plano Emergencial de Uso Público e confecção de material para delimitação do parque.

Outro processo, da empresa Iacanga, destinou recursos de R$ 100 mil para o PERB, que serão utilizados para compra de 1 veículo, 1 quadriciclo e mobiliário para a sede provisória.

Monitores e veículos

O 3º processo, da empresa Pedra Agroindustrial, destinou R$ 1,3 milhão, que serão utilizados para contratação de 4 monitores ambientais e serviços de monitoramento terrestre e aéreo.

Os recursos desses 3 processos já estão disponíveis. Mais R$ 1,4 milhão, da empresa Açucareira Virgulino ainda será disponibilizado e a destinação será para a compra de uma embarcação, um veículo tipo 4x4, equipamentos de rádio comunicação, material pedagógico, além de ser utilizado para a elaboração do Plano de Manejo.

Sede provisória

De acordo com a representante da FF, os R$ 958 mil do 1º processo serão disponibilizados de imediato. A expectativa é de que ainda este ano, a sede provisória, que deve ser no bairro Vila Agaó, seja locada.

Vila da Mata

Como havia informado na última reunião de Conselho, o gestor do Parque solicitou aos representantes da FF que realizasse reunião com os moradores da comunidade Vila da Mata, que se encontram na área do PERB. Esse encontro aconteceu na noite desta quinta-feira (17) na própria localidade. “Explicamos para os moradores que ninguém vai sair de lá da noite para o dia”, comentou Ana Carolina. Ela também informou à comunidade que será realizado um levantamento das famílias instaladas na localidade. “Pedimos para que evitem ampliar as casas, mas reformas e manutenção podem ser feitas”.

Ostreiros

Segundo Ana Carolina, a situação dos ostreiros também está recebendo atenção da FF. “Fizemos reunião com o secretário Bruno Covas e os representantes dos ostreiros. Ficou definido que a situação dos comerciantes será contemplada pelo Plano de Manejo”, afirmou.

Próxima reunião

A próxima reunião do PERB acontece no dia 13 de janeiro de 2012, às 9h, na Casa da Cultura, em Bertioga.

Comentários

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!