Número de radares já chega a 26

Costa Norte
Publicado em 21/11/2014, às 14h34 - Atualizado em 23/08/2020, às 14h27

FacebookTwitterWhatsApp
Costa Norte
Costa Norte
Radar da rua Antônio Rodrigues de Almeida será retirado

Por Marina Aguiar

O Brasil é o quarto país com o maior número de mortes por acidente de trânsito, atrás da China, Índia e Nigéria, o que se traduz por cerca de 50 mil mortes por ano. A informação é do diretor de Trânsito de Bertioga, capitão Nelson Jorge de Castro. Para tentar reduzir estes números, são implantados nas ruas das cidades e, também nas rodovias, radares controladores de velocidade. Em Bertioga, o número de radares aumentou nos últimos anos, em decorrência do aumento do número de imprudências no trânsito. Atualmente, circulam 26 mil carros diariamente na cidade; na temporada, o número sobe para cem mil. “A finalidade é buscar a redução de acidente. Nossa principal função não é a autuação, mas sim, a preservação da vida”, disse o diretor. A cidade possui 26 equipamentos em área urbana, sendo 23 radares e três lombadas eletrônicas. O primeiro radar foi instalado em 2001, na rua Pastor Djalma da Silva Coimbra, no Jardim Rio da Praia. Castro explicou que a implantação e a manutenção destes equipamentos fazem parte de um contrato de cinco anos (vence em 2015), que permite despesas de até R$ 50 mil mensais. Como os radares geradores de multa têm um custo maior, existem poucos na cidade. Ele explicou: “Alguns são apenas “educativos”, pois custam em torno de R$ 400, enquanto os geradores de multa custam R$ 2.500”. Um dos radares “educativos”, que não geram multa, fica na rua Antônio Rodrigues de Almeida, no Centro, mas não possui sinalização do aparelho, nem da velocidade permitida. De acordo com Castro, este equipamento não está funcionando e será retirado. “Vamos remanejar, porque esta rua fará parte de um binário com a Rafael Costábile. Quem entrar na Antônio Rodrigues de Almeida sairá pela Rafael Costábile”, explicou. Além dos radares na área urbana da cidade, recentemente, o Departamento de Estradas e Rodagem (DER) implantou equipamentos em ambos os lados da rodovia Doutor Manoel Hypólito Rego SP-055 (Rio-Santos) no trecho de Bertioga. A maior parte deles está coberta por sacos plásticos pretos. Já as lombadas eletrônicas não acusam a velocidade. A assessoria de imprensa do DER informou que os equipamentos estão em fase de aferição pelo Inmetro, ou seja, ainda não geram multa. A estimativa é que os radares estejam em operação a partir de dezembro deste ano.

Comentários

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!