Mais de 200 cães estreiam na 1ª Cãominhada do município

Costa Norte
Publicado em 18/10/2013, às 14h37 - Atualizado em 23/08/2020, às 14h08

FacebookTwitterWhatsApp
Costa Norte
Costa Norte

Por Marina Aguiar

Diversos cães, de diferentes raças e tamanhos, puderam ser vistos com os seus donos, no parque

A 1ª Cãominhada de Bertioga foi sucesso entre os moradores; mais de 300 cães participaram do evento, que teve concentração no Parque dos Tupiniquins, centro, no último domingo (13). Antes de sairem para a caminhada na orla da praia da Enseada, os cachorros participantes tiveram tratamento especial. Limpeza no ouvido, unhas lixadas, enfeites e brindes. Tudo isso foi oferecido gratuitamente durante tratamentos estéticos e preventivos pelas três pet shops e uma clínica veterinária da cidade. Os bichos ainda contaram com apoio da Sabesp, que disponibilizou cochos de água para saciar a sede dos animais. Saquinhos para recolher suas fezes foram distribuídos pelo parque junto a lixeiras. Durante a Cãominhada, o público divertiu-se com a apresentação da Orquestra Petra, sob a regência do maestro e coordenador Edson Borges. A orquestra faz parte do Projeto Artis, desenvolvido por uma igreja de Bertioga. A esteticista Camila Arruda levou seus dois cães, o yorkshire Sushi e o chow chow Chang. Ela não utilizou os serviços prestados pelos estandes de beleza, porque “eu os levei à pet shop ontem”, explicou Camila. Já a coordenadora pedagógica Rosana Parada conta que nunca tinha levado seu cão para interagir com tantos cachorros. “Até que ele está se saindo bem”, afirmou feliz. A interação foi além da amizade, como o caso do advogado André de Almeida Campos. “Reconheci vizinhos que têm animais da mesma raça que o meu, dá para cruzar”, disse Campos. Ele também elogiou a organização do evento. “Está tudo nota 10.”

Raças e estilos

O parque foi atração para todas as raças e estilos. A pequena Baixinha usa um equipamento com rodas para se locomover, mas isso não a impediu de brincar com os outros participantes. Baixinha foi achada na rua pela contadora Telma Cristina Gomes Ribeiro. “Ela vinha de maus-tratos e, depois de dois anos comigo, teve um problema de coluna e ficou paralítica. Não tem sensibilidade da coluna para trás e tivemos que adaptar um carrinho”, contou a dona.

Durante o evento, o canil Evolution, empresa de adestramento da cidade, fez apresentações com alguns cães. O proprietário Dionatas Siqueira explica que o treinamento é feito na própria casa do cliente. “Assim o dono aprende a lidar com seu cão junto conosco”. O adestramento pode ter propósitos como obediência, comportamento ou proteção. O trabalho do canil também pode fazer o cão largar petiscos, tais como mortadela ou salsicha. A ideia da 1ª Cãominhada de Bertioga foi do vereador Ivan de Carvalho e sua equipe. A inspiração veio da Cãominhada de Santos e de outras que acontecem em todo o Brasil. “Eu me entusiasmei com a ideia e a cidade se entusiasmou junto. Foi um evento gostoso, sem dinheiro público”, afirmou Ivan. O parlamentar já confirmou que o evento, que teve apoio do Sistema Costa Norte de Comunicação, vai se repetir nos próximos anos.

Feira de adoção Uma feira de adoção com nove animais, sete cachorros e dois gatos, ficou exposta durante todo o evento; e todos os animais foram adotados. O oficial de controle de animais Douglas de Souza Bispo, mais conhecido como Marrom, explicou que as pessoas que adotaram os animais são adultos e preencheram um formulário com seus dados e os dados do animal. O intuito é a posse responsável. Uma pesquisa feita pelo vereador Ivan após o evento constatou que mais de 800 pessoas participaram. Os dois estandes que ofereciam atendimentos trataram de mais de 200 animais durante todo o dia.

Comentários

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!