Hospital orienta sobre conduta virtual

Costa Norte
Publicado em 14/03/2014, às 19h06 - Atualizado em 24/08/2020, às 01h29

FacebookTwitterWhatsApp
Costa Norte
Costa Norte
Colaboradores e prestadores de serviço terão acesso às normas e rotinas que constam no guia

O cuidado ao compartilhar fotografias e informações; manter sigilo sobre problemas profissionais; discussões sobre temas polêmicos; e a diferença entre o que é público e privado, pessoal e profissional. Essas e outras orientações constam do Guia de Boas Práticas nas Redes Sociais criado pelo Hospital Bertioga - FuABC. O novo manual está em fase de implantação e visa orientar colaboradores e prestadores de serviços sobre condutas adequadas no ambiente virtual. Com linguagem simples e direta, o guia traz informações para que o colaborador entenda os benefícios e riscos que o universo on-line oferece. O uso das novas mídias deve ser baseado na mesma ética e responsabilidade da vida “off-line”. É preciso cuidado ao compartilhar fotos, vídeos ou links de serviços de interesse público, além de não divulgar informações que legalmente sejam protegidas. Entre as principais orientações que constam no guia estão a privacidade do paciente, o sigilo das informações e as rotinas internas da instituição, que não devem ser publicadas sem autorização prévia do Hospital Bertioga. Superintendente da unidade, Rogério Bigas lembra que não se deve ignorar o poder das redes sociais e que o ambiente on-line está modificando a maneira de as pessoas se relacionarem. “O objetivo principal do guia é proteger a privacidade dos pacientes e da instituição, além de apresentar aos colaboradores orientações sobre como utilizar as mídias de forma segura e responsável em suas horas de lazer”. Usadas de maneira adequada, as redes sociais podem ajudar as pessoas a melhorar relacionamentos, manter contato com familiares distantes e a ampliar o grupo de amigos. Porém, quando o cenário é empresarial, é fundamental documentar o que o funcionário pode ou não fazer nas redes sociais a fim de evitar problemas futuros. De acordo com a supervisora do setor de gestão de pessoas, a psicóloga Laís Jacopucci, ao propor o Guia de Boas Práticas nas Redes Sociais, o Hospital Bertioga se posiciona perante assunto extremamente atual, que produz efeitos nas relações interpessoais e também nos resultados institucionais. Ela diz: “Queremos que nossos colaboradores saibam como, quando e para qual finalidade utilizar os recursos tecnológicos, bem como tenham plena consciência das consequências do uso inadequado”. Treinamento e resultados Todos os colaboradores e prestadores de serviço terão acesso às normas e rotinas que constam no Guia de Boas Práticas nas Redes Sociais por meio de treinamentos com o setor de educação permanente do Hospital Bertioga, propondo reflexão, conscientização e ampliando a discussão sobre o tema. “Durante os treinamentos, vamos reforçar que estamos em uma instituição de saúde e que devemos preservar a imagem e privacidade tanto da unidade quanto do cliente”, ressaltou a enfermeira Juliana Seraglia. O Hospital Bertioga - FuABC não possui perfil em nenhuma rede social – tais como Facebook, Twitter, LinkedIn e Google+, entre outras. As publicações oficiais on-line são feitas pelo site www.hospitalbertioga.org.br.

Comentários

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!