Fossa aberta em escola suspende aulas no Guaratuba

Costa Norte
Publicado em 15/03/2013, às 14h18 - Atualizado em 23/08/2020, às 13h57

FacebookTwitterWhatsApp
Costa Norte
Costa Norte

Por Marina Aguiar

Área da escola foi desinfetada e terá nova fossa séptica com maior capacidade

Uma fossa aberta nas dependências da Escola Municipal José Carlos Buzinaro e do Neim Guaratuba, em Bertioga, causou a suspensão das aulas desde sexta-feira (08). Alunos de seis meses a 10 anos de idade estavam expostos a condições irregulares, segundo alguns pais. A previsão é de que as aulas voltem na próxima segunda-feira (18), após os serviços de reparo da fossa e remoção dos brinquedos infantis do local.

A cozinheira Adnéia de Jesus Freires soube pelo seu filho que a fossa localizava-se ao lado do refeitório. Ela foi até a escola e após constatar o problema iniciou um abaixo-assinado para suspensão das aulas. “A sujeira estava jorrando e os brinquedos das crianças estavam cobertos de água”, explica a cozinheira.

Maria Aparecida de Souza Antunes é vizinha de Adnéia e está com dificuldades para trabalhar, pois tem que cuidar de seus dois filhos, que agora estão em casa. Apesar de estar impedida de trabalhar, ela entende que o reparo na escola é essencial. “Eles [as crianças] não têm noção do perigo que é essa fossa cheia de água, quando estão brincando podem pegar dengue e outras doenças. Minha filha falou que caiu uma criança dentro da água”, diz Maria.

Segundo o diretor de Gestão Pedagógica da Secretaria Municipal de Educação, Raul Lobo, a escola terá que propor uma alteração do calendário escolar para garantir que os 200 dias letivos previsto em lei sejam concluídos. “A Emeif tem 303 alunos, e o Neim conta com 93 alunos, quando temos alguma intervenção que possa comprometer a segurança ou o bem-estar dos alunos, nós suspendemos as atividades letivas, é natural”, informou.

A secretária de Serviços Urbanos informou por meio de nota que a fossa foi saturada devido às fortes chuvas que inundaram a área. Uma empresa contratada está desinfetando o local e iniciou a construção de uma nova fossa séptica com maior capacidade e de uma caixa de gordura. A previsão é de que a obra esteja concluída em uma semana, caso não ocorra novas chuvas no período.

Comentários

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!