Famílias serão contempladas com 1.500 unidades habitacionais

Costa Norte
Publicado em 10/01/2014, às 16h28 - Atualizado em 23/08/2020, às 14h13

FacebookTwitterWhatsApp
Costa Norte
Costa Norte
Unidades habitacionais estarão divididas em cinco condomínios com 15 blocos de quatro pavimentos, com 20 apartamentos cada

Flamboyant, Resedá, Quaresmeira, Guanandi e Claraíba, plantas nativas da região, darão nome aos cinco condomínios, totalizando 1.500 apartamentos, que serão construídos no bairro Jardim Rafael, na altura do km 218, da rodovia Rio-Santos, para atender a famílias com renda entre zero a três salários mínimos. A autorização para a liberação de recursos no valor de R$ 30 milhões, por meio do programa Casa Paulista, foi assinado pelo governador do estado de São Paulo Geraldo Alckmin e o secretário de Estado da Habitação Silvio Torres, dia 21 de dezembro.

O empreendimento será edificado no âmbito do acordo de cooperação entre o governo do estado de São Paulo, por meio da Agência de Fomento Habitacional Casa Paulista e o governo federal, via programa Minha Casa, Minha Vida.

Caberá ao governo federal o investimento de R$ 117 milhões para a obra. Os apartamentos terão dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço. De acordo com os técnicos da Secretaria de Habitação da prefeitura, já foram cadastradas 1.900 famílias; 400 delas são suplentes.

As 1.500 unidades habitacionais estarão divididas em cinco condomínios com 15 blocos de quatro pavimentos, com 20 apartamentos cada. De acordo com a diretora de Habitação Daniela Mariano, o projeto de construção das unidades já teve sua viabilidade aprovada pela Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb).

Por se tratar de uma construção de interesse social, na próxima terça-feira (14), o documento passará pela aprovação do Conselho Municipal de Habitação. Em seguida, a empresa que executará a obra, a construtora Qualyfast, encaminhará a documentação ao Grupo de Análise e Aprovação de Projetos Habitacionais do Estado de São Paulo (Graprohab). A previsão é de que as obras tenham início logo após a aprovação do Graprohab. Para o prefeito Mauro Orlandini, é uma grande satisfação ver o sonho das famílias bertioguenses se tornar realidade. “Não tem nada mais importante que conquistar a casa própria. Estou muito feliz de ver que estou cumprindo a minha tarefa de, ao lado do governo do estado e da União, realizar o sonho dessas pessoas. Isso nos deixa muito contente.”

Comentários

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!