EE Boraceia torna-se parceira do Projeto Clorofila – Educando por meio do verde

Costa Norte
Publicado em 11/10/2013, às 18h35 - Atualizado em 24/08/2020, às 01h23

FacebookTwitterWhatsApp
Costa Norte
Costa Norte
Em 2013, também se comemoram os 21 anos de atividades do Clorofila

O Clorofila, programa de educação ambiental, da Sobloco Construtora, oficializou quarta-feira (9) mais uma parceria com a escola estadual Praia de Boraceia, de Bertioga. A unidade conta com 900 alunos do ensino fundamental e médio. A escola é a 21ª a fazer parte do projeto de educação ambiental que, neste ano, completa também 21 anos de atividades. O Clorofila já atendeu mais de 12 mil alunos de escolas parceiras. Na ocasião, a equipe da Sobloco e a comunidade da escola plantaram 14 mudas de árvores floríferas e nativas no jardim da escola, como ipê amarelo, jatobá, jabuticaba e pitanga. Também foi feita uma horta, cujos 12 canteiros já haviam sido preparados anteriormente, e uma composteira. O evento contou também com apresentação musical dos alunos, em clima de festa e descontração. Participaram das atividades o diretor regional de ensino, João Bosco, a diretora da escola, Patrícia Mara Aydar, a coordenadora pedagógica Dionice Contador, além de professores e alunos, assessorados pela equipe da empresa. O plantio faz parte de uma série de atividades para se trabalhar o tema do meio ambiente. Para o evento, diversas reuniões foram realizadas entre as educadoras ambientais da Sobloco e a coordenação e direção escolar para a identificação das necessidades da escola e a elaboração em conjunto de um projeto paisagístico. “Ficamos muito felizes em receber o Projeto Clorofila, que vem complementar a nossa proposta político-pedagógica que é a de formar alunos atuantes na sociedade e de incentivar a comunidade para a adoção de práticas sustentáveis, transformando os espaços da escola e criando ambientes acolhedores. Estamos ensinando aos nossos alunos atitudes diárias de respeito ao ambiente e à sustentabilidade. Tudo isso vem sendo colocado em prática com orientação da equipe de apoio do projeto”, declarou a diretora Patrícia. “Parcerias com iniciativas privadas são de grande importância para a criação de projetos que complementem a proposta pedagógica das escolas”, ressaltou o dirigente regional de ensino.

Atividades extras A partir de agora, alunos e professores responsabilizam-se pela manutenção do jardim e da horta. Atividades extras serão criadas em sala de aula para tratar do tema. O objetivo do programa não é a jardinagem, mas a educação ambiental. Maria Cristina Peres, educadora ambiental da Sobloco explica que o Clorofila visa criar e desenvolver nos jovens e crianças a afetividade com seu ambiente escolar, incentivando a adoção de práticas sustentáveis e criando mais consciência ecológica e cidadã.

Comentários

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!