Costa Norte Escola premia os 15 vencedores do semestre

Costa Norte
Publicado em 28/11/2014, às 17h43 - Atualizado em 23/08/2020, às 14h27

FacebookTwitterWhatsApp
Costa Norte
Costa Norte

Por Marina Aguiar

Placas informativas, bilhetes, cartas, poemas e folders renderam prêmios a alunos de 1º a 5º ano da rede municipal de ensino. Durante todo o semestre, os alunos produziram trabalhos sobre sustentabilidade e, na quarta-feira, 26, o Concurso Costa Norte Escola entregou vale-presentes da RiHappy para os contemplados, durante cerimônia no auditório do Sesc-Bertioga. A proximidade do tema com o ambiente em quem vivem foi o diferencial da 9ª edição. Os alunos de 4º ano trabalharam as riquezas dos mangues em Bertioga. Algumas turmas visitaram o bioma por meio do projeto barco-escola, da prefeitura. Luiz Felipe Falcão Barbosa, primeiro lugar em sua categoria, contou: “A professora passou textos e eu aprendi que existem três tipos de mangue, o preto, o vermelho e o branco”. Caroline Carvalho Marques concorreu com Luiz Felipe e ficou em 3º lugar. Ela fez uma poesia inspirada no que aprendeu sobre o mangue. “Se eu morasse bem aqui ou perto desse lugar cuidaria desses seres para ninguém maltratar”, recitou Caroline. Enquanto o 4º ano estudava os mangues, o 3º ano desenvolvia cartas sobre a pesca sustentável na cidade. Segundo a professora Aldria Cristina Silva, “a questão da pesca está muito ligada a nossa realidade de Bertioga. Isso estimulou os alunos a criar”. Seu aluno Giovanny Quaresma de Lima, 9 anos, escreveu uma carta para um amigo na qual explicou sobre a pesca ilegal. “Eu escrevi falando sobre a pesca predatória, com bombas e malha fina”. Emocionada, a mãe de Giovanny, Girlene Maria Quaresma de Lima, comemorou a vitória do filho durante a premiação: “Meu filho é o orgulho da família. A relação dele com a escola é muito forte, ele é muito esforçado”. Para os professores, que também ganham prêmios, a emoção é ainda maior. Seylin Portela Luzeti de Oliveira, ganhadora do melhor relatório do 2º ano, disse: “A gente vê o nosso trabalho reconhecido na vitória dos nossos alunos”. O professor Marcelo de Oliveira, por sua vez, explicou: “Trabalhar com esse projeto do Costa Norte permite ao professor aprofundar a questão da educação ambiental e os valores em relação ao meio ambiente”. Além de alunos e professores, os coordenadores, diretores e, até mesmo a escola, ganham prêmios. A diretora Nanci Ferreira de Santana parabenizou o projeto durante a premiação. “Cada ano melhor, os professores se empenham muito e as crianças comemoram em conjunto. Se um ganha, todos ficam felizes”. Roberto Zaidan é o idealizador do projeto e se emocionou pela chegada da 9ª edição do concurso. Ele explicou que o projeto tomou uma proporção tão grande, que já não é mais do Costa Norte, e, sim um projeto da cidade. “É gratificante ver o sorriso no rosto das crianças ganhadoras. Tudo isso é o resultado de um trabalho bem feito, que estimula o conhecimento”.

Comentários

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!