Câmeras de monitoramento devem ser implantadas

Costa Norte
Publicado em 22/02/2013, às 13h56 - Atualizado em 23/08/2020, às 13h55

FacebookTwitterWhatsApp

Por Marina Aguiar

Um novo sistema de segurança deverá ser implantado, em breve, em Bertioga pela nova Secretaria de Segurança e Cidadania: câmeras de monitoramento em vários pontos da cidade, além de um Centro de Operacional de Monitoramento e de Inteligência. As medidas faziam parte de promessa de campanha do prefeito Mauro Orlandini (DEM), durante a sua 1ª gestão.

A instalação dos equipamentos, segundo o secretário da pasta, o coronel Eduardo Silveira Bello, será realizada com algumas adequações, como as câmeras inteligentes que identificam veículos roubados. No entanto, o prazo para que o sistema seja iniciado não está fixo, pois a Secretaria é recém-criada e ainda aguarda o remanejamento de verbas para a implantação de seis câmeras de segurança.

Locais

Os locais de instalação previstos são: duas na ponte sobre o rio Itapanhaú; duas na rodovia Mogi-Bertioga (SP-98); e outras duas na rodovia Rio-Santos (SP-55), próximas ao bairro Riviera de São Lourenço.

Ainda segundo o secretário, a segurança será reforçada em diversos aspectos. “Pretendemos colocar guardas em todas as entradas da cidade, futuramente”, completou.

Concurso

Bello ainda afirmou que a corporação deverá contratar pessoal. “Um concurso para admitir novos guardas também está sendo estudado junto à prefeitura. Quando o efetivo da Guarda Municipal aumentar e estiver armado, o sistema funcionará perfeitamente”, garantiu.

Ainda de acordo com Bello, a Guarda conta com o mesmo efetivo de quando foi criada: 90 homens.  “Bertioga conta com mais de 47 mil habitantes, o número de guardas deveria ser pelo menos o dobro”, disse.

O Centro Operacional será instalado na Base da GCM, que está passando por reformas e deve ser finalizada em 60 dias.

Reforma

A nova base contará com acesso a informações da PM (Polícia Militar), como dados do Disk Denúncia e outros, assim, facilitando o trabalho dos guardas municipais.

A reforma da base conta a criação de quatro ambientes - sendo um para atendimento ao público 24h, com banheiro adaptado, salas de inspetoria, de instrução e de supervisão com almoxarifado, além de refeitório e banheiros femininos e masculinos.

Comentários

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!