Câmara muda de sede em janeiro de 2012

Costa Norte
Publicado em 23/09/2011, às 15h07 - Atualizado em 23/08/2020, às 15h25

FacebookTwitterWhatsApp
Costa Norte
Costa Norte

Por Ana Cláudia Gomes

Dentro de 4 meses, a Câmara Municipal de Bertioga será transferida para a rua Reverendo Augusto Paes D´Avila, 260, no bairro Jardim Rio da Praia, onde já funcionou a ex-colônia de férias do extinto banco Noroeste e a antiga pousada Marjoly. Isto porque a ação popular que questionava a compra do imóvel foi encerrado, com desfecho favorável ao Legislativo. A escritura do imóvel de 6.450 m² já foi lavrada em nome da municipalidade, conforme revelou o presidente da Casa, Marcelo Vilares (PTB). “A escritura comprova a legalidade da transação imobiliária e toda a transparência do processo, comprovada também pela Justiça”, comemorou Vilares.

Reforma Ele contou que na próxima semana, os vereadores se reunirão com representantes da Associação dos Engenheiros de Bertioga para uma análise do imóvel. “Eles são técnicos e poderão nos informar quais as obras necessárias”, disse Vilares, que reforçou que as obras a serem feitas serão as essenciais. “Pretendemos fazer uma reforça simples, bem pé no chão, até mesmo pela necessidade urgente que temos”. A urgência, segundo o presidente da Casa, deve-se ao pouco espaço do atual prédio, localizado na praça Vicente Molinari. O local conta com 7 gabinetes e uma sala para a presidência e outra para a vice-presidência e o plenário não comporta mais do que 35 pessoas sentadas. “Precisamos dar mais comodidade à população que freqüenta a Casa”.

Espaço Para Vilares, os gabinetes dos vereadores também precisam de mais espaço e privacidade. “Numa mesma sala ficam os vereadores e seus assessores em um espaço bem pequeno”. Além disso, ele lembra que várias solenidades que acontecem atualmente no plenário ficam prejudicadas pela falta de espaço. “Sempre contamos com a parceria do Sesc para a realização de eventos tanto da Câmara quanto da prefeitura”.

Uso compartilhado O terreno da antiga colônia de férias e pousada conta com 6.450 m² e a área construída é de 3.200m². Vilares prevê que o local comporte os gabinetes dos vereadores, incluindo uma ante-sala, que dará comodidade aos visitantes, além de atender com mais conforto os funcionários. Também poderá ser criada uma sala de convenções, que servirá de plenário para as sessões, além de poder atender às audiências públicas realizadas periodicamente. Vilares ainda prev

Comentários

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!