Alegria, paz e samba’n roll: Titãs e Raça Negra abrem festa de aniversário da cidade

Costa Norte
Publicado em 24/05/2013, às 07h39 - Atualizado em 23/08/2020, às 14h00

FacebookTwitterWhatsApp
Costa Norte
Costa Norte

Por Antonio Pereira

Luiz Carlos, do Raça Negra, encantou a plateia com as canções Grupo Titãs tocou diferentes gêneros do rock durante apresentação

Quem foi à Praça de Eventos de Bertioga nas noites de sexta-feira (17) e sábado (18) últimos, certamente terá boas recordações com riffs de guitarra e solos de saxofone. Titãs e Raça Negra apresentaram autênticas viagens no tempo, em shows que se prolongaram por mais de uma hora e meia, com canções consagradas como “Homem Primata” e “Cheia de Manias”, entre tantas outras que marcaram diferentes gerações desde o final dos anos 80. As apresentações aqueceram inda mais a programação do 22° aniversário da emancipação político-administrativa de Bertioga. Para o vocalista Luiz Carlos, do Raça Negra, fazer parte da programação de aniversário de cidade é um grande privilégio. “Ao longo desses 30 anos da banda, já viemos várias vezes para Bertioga e sempre fomos muito bem recebidos. É um público que conhece todas as nossas músicas e canta junto do começo até o final”, disse o cantor, que se apresentou na Virada Cultural de São Paulo antes de vir para Bertioga. Moradora de Bertioga há 10 anos, a administradora de empresas Aline Maria Santana aprovou os shows, em especial o dos roqueiros. “Sou fã, adoro eles, as músicas são muito boas e eu esperei muito para ver o Titãs de perto”, conta ela, que se identifica com a música “Marvim”.

Sem problemas Durante as duas apresentações não foram registradas ocorrências policiais, nem acidentes. Ambos os shows fizeram parte da programação de aniversário de Bertioga, que completou 22 anos no último domingo (19). O Titãs foi um oferecimento do Sesc-Bertioga, enquanto o Raça Negra foi contratado exclusivamente pela prefeitura.

Comentários

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!