A Polícia Militar Ambiental capturou um homem procurado por tráfico de drogas durante ação contra o transporte ilegal de madeira. A ação ocorreu na terça-feira, 29, na avenida Luciano de Bona, em Peruíbe.

Participe dos nossos grupos 👉 http://bit.ly/COSTANOTÍC2 📲 Informe-se, denuncie! ℹ

A equipe estava em patruhamento pela área quando abordou o veículo dirigido pelo suspeito, uma caminhonete branca, que visivelmente transportava madeira na carroceria.

O motorista apresentou aos policiais somente as ordens de entrega do material, mas sem documento oficial para o transporte, o Documento de Origem Florestal (DOF), que é uma licença obrigatória para o transporte e armazenamento de produtos florestais de origem nativa.

Todos foram para a madeireira responsável, onde foi aferido o transporte de: 14 vigas de 4,5 metros de cambará; duas pranchas da mesma madeira, com 3,6 metros de comprimento; duas tabeiras de garapeira, de 5,10 metros. 

O proprietário do comércio apresentou notas fiscais e os DOF que, pesquisados via sistema Ibama, não foi constatado sinais de adulteração. No entanto, o documento deveria acompanhar a carga, por isso foi registrada a irregularidade, além de outras como madeiras que constavam no documento e não estavam a bordo; o caminhão constante na documentação não era o mesmo - e sequer estava cadastrado no sistema ambiental - e o horário de emissão do documento, que se adiantou até a abordagem. 

Segundo informou a polícia, cada uma das irregularidades seriam suficientes para anular o DOF e imputar Auto de Infração Ambiental. O estabelecimento foi autuado pela infração. 

Em pesquisa via Copom, foi descoberto que o motorista do caminhão possuía dois mandados de prisão por tráfico de drogas. Ele foi conduzido ao 1º Distrito Policial de Peruíbe e recolhido à carceragem pública.