A ação foi deflagrada para coibir o comércio irregular de peças e acessórios de motocicletas

A Polícia Civil prendeu, na quinta-feira (19), três pessoas durante a Operação Quadrilátero, deflagrada no bairro Santa Efigênia, no centro da capital paulista. A ação foi deflagrada para coibir o comércio irregular de peças e acessórios de motocicletas.

A ação, na região conhecida como "boca das motos”, reuniu 80 agentes das delegacias da Divisão de Investigações sobre Roubo e Furto de Veículos e Cargas (Divecar) e contou com o empenho do Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran).

As equipes diligenciaram até o centro comercial para combater a venda de produtos ilícitos, como forma de combater o furto e roubo de motos em toda a região metropolitana de São Paulo, sendo que em três lojas foram constatadas irregularidades.

Em uma delas, na rua Guaianases, o comerciante foi flagrado vendendo o bloco de um motor de moto. Ele chegou a apresentar nota fiscal relacionada ao item, mas a perícia indicou a farsa. O material pertencia a uma moto furtada em 2013 em Presidente Prudente. 

Os três responsáveis pelos estabelecimentos foram presos em flagrante. As investigações prosseguem.Polícia Civil SP