Policiais civis da 5ª Delegacia de Polícia de Investigações sobre Furtos e Roubos a Bancos do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) capturaram, na sexta-feira, 11, um homem, por suspeita de ligação com ataques a bancos no interior de São Paulo. Ele ficou conhecido nacionalmente quando invadiu a apuração do carnaval paulista em 2012 e rasgou as fichas contendo as notas das agremiações. O suspeito foi preso na zona norte da capital.

O suspeito teria participação nos ataques contra agências bancárias de Ourinhos e de Botucatu. Neste último caso, em 30 de julho, uma quadrilha com cerca de 40 integrantes promoveu uma madrugada de terror na cidade.

O rapaz é suspeito ainda por ocorrências de explosão em bancos do Rio Grande do Norte, em 2017, e de Iacanga, no interior de São Paulo, em 2016. A equipe da 5ª do Patrimônio conseguiu informações sobre os deslocamentos do rapaz, conseguindo interceptá-lo na Avenida do Guacá.

Em agosto, um outro suspeito de envolvimento no caso de Botucatu havia sido preso em Sapopemba, na zona leste da capital. O ataque às agências da cidade do interior terminou com um suspeito morto e dois policiais militares feridos. Outros integrantes da quadrilha ainda são investigados. 

Fonte: Polícia Civil SP