Em Guarujá, mesmo com a disponibilidade do serviço de emissão da carteira de identificação para atendimento preferencial em órgãos públicos e privados aos pacientes com fibromialgia, apenas um documento foi expedido desde o ano passado até o momento na cidade.

 

A Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) de Guarujá mantém o serviço durante a pandemia do novo coronavírus. O documento é entregue na hora e deve ser solicitado no Ambulatório de Referências em Especialidades (ARE), na Rua Marivaldo Fernandes, S/N, Vila Júlia. O horário de atendimento no local é das 8 às 16h30.

 

Participe dos nossos grupos 👉 http://bit.ly/COSTAINFO5 📲 Informe-se, denuncie ℹ

 

Para isso, o paciente precisa se dirigir ao Ambulatório munido de um relatório médico recente, onde deve estar especificado seu diagnóstico. É obrigatório que o paciente compareça usando máscara. No ARE, ele será atendido por uma assistente social ou pela equipe administrativa da Unidade, que adotará os procedimentos.

 

A regulamentação do documento prevê que portadores da síndrome tenham o mesmo tratamento dispensado a idosos, gestantes e pessoas com deficiência. Para que o atendimento seja priorizado, eles terão que apresentar a carteira de identificação. Ao órgão, caberá definir os critérios e os demais regramentos necessários para a confecção da carteira.

 

Sobre a doença - A fibromialgia é uma síndrome clínica que se manifesta por dores nos tecidos fibroso e muscular de diferentes partes do corpo. Entre os sintomas mais comuns, estão: fadiga (cansaço), sono não reparador (a pessoa acorda cansada), alterações de memória e atenção, ansiedade, depressão e alterações intestinais.

 

Serviço - Os telefones de contato do Ambulatório de Referência em Especialidades (ARE) são: 3387 3777/ 3355 5128 ou 3355 2276.