Em entrevista ao jornalista Kennedy Alencar, o ex-presidente Michel Temer (PDMB) disse temer que Jair Bolsonaro não aceite o resultado das eleições de 2022, caso tenha uma eventual derrota. Para Temer, Jair Bolsonaro pode avançar para um golpe. Cenário parecido com o dos Estados Unidos e a última eleição para presidente, da qual o ex-presidente Donald Trump não aceitou a derrota para Biden, o que culminou em uma invasão do Congresso por radicais da direita.

 

Clique e faça parte do nosso grupo no WhatsApp ➤ http://bit.ly/CostaNortesonoticias3 & receba matérias exclusivas. Fique bem informado! 📲

 

Para a próxima eleição presidencial, Lula (PT) e Fernando Henrique Cardoso (PSDB) também estariam fortalecendo os laços com militares e ex-bolsonaristas arrependidos. De acordo com jornalista que realizou a entrevista, Temer também tenta prestigiar os militares da reserva e da ativa.

 

Lula e FHC tiveram um gesto de aproximação no mês passado, pelo fortalecimento da democracia. Os ex-presidentes almoçaram juntos e publicaram uma foto nas redes sociais. FHC afirmou na ocasião que, caso tenha um segundo turno entre Lula e Bolsonaro, votaria em Lula.