A nomeação de Reinaldo Barreiros como secretário-adjunto de Esportes em Mogi das Cruzes causou revolta na população. A ocupação do cargo foi anunciada pelo prefeito Caio Cunha (Podemos) durante uma transmissão ao vivo em 6 de janeiro de 2021. 

Participe dos nossos grupos ➤ http://bit.ly/CostaNorteInforma  📲 Informe-se, denuncie! 🔵

Na ocasião, o prefeito afirmou que o cargo é adjunto - aquele que assessora e auxilia o secretário e o substitui em suas ausências e impedimentos legais. O secretário executivo da pasta, no entanto, ainda não foi oficializado. "A gente tá fechando o nome do secretário ou secretária ainda. Tem algumas questões técnicas, mas já temos um nome e é uma questão de respeito à pessoa, por ela não estar aqui. Prefiro apresentar ela depois", disse Cunha.

Alguns internautas questionaram a nomeação e exigiram explicações. "Caio, Mogi precisa urgentemente de uma explicação sobre essa nomeação! Ele não é envolvido em rachadinhas?", disse um deles. O posicionamento favorável de Barreiros sobre a ditadura militar e seu apoio ao presidente Jair Bolsonaro também foi citado.

Cinco dias depois, nesta segunda-feira, 11, o prefeito decidiu se pronunciar sobre o secretário-adjunto: "Repugnante, infantil, desnecessário, irresponsável, imaturo, desagregador e constrangedor... essa é minha opinião sobre as publicações feitas por Reinaldo Barreiros, secretário-adjunto de esportes".

Caio também disse que conversou por três horas com o nomeado na sexta-feria, 8, e ele teria reconhecido o erro. "Demonstrou esforço no amadurecimento de seu posicionamento de quase três anos atrás. Deixei claro que tal comportamento não será tolerado em nosso governo (...) Promovo e defendo que o diálogo é fundamental. Acredito que a coragem está com aqueles que chamam os extremos para uma mesa de centro e decidem pelo bem comum (...) Como defensor do diálogo, dialoguei (...) Já sobre denúncias de "rachadinha" e outros casos com a justiça, embora sua Certidão Negativa não aponte condenações, nossa equipe está analisando com profundidade para uma tomada de decisão com justiça e verdade.

Lembrando: O Reinaldo foi contratado por suas competências técnicas. Não por indicação política, como disseram", declarou o prefeito.

A explicação não acalmou os internautas. Uma delas disse: "Muito bonitas as palavras milimetricamente construídas, mas que não vão nos convencer". Outro seguidor questionou a competência do secretário: "Prefeito Caio, não teria outra pessoa com competência técnica para assumir esse cargo, sem que tenha esse histórico?".

Uma outra internauta afirmou que se quisesse aceitar erros continuaria com o prefeito anterior. "Absurdo essa declaração". Outros pedem a exoneração de Reinaldo.

Histórico

Reinaldo Barreiros é gestor de projeto e de marketing esportivos. Foi atleta, diretor e técnico de handebol em Mogi das Cruzes por quase duas décadas. De 2019 a 2020, foi diretor-chefe de Assessoria Técnica na Secretaria de Esportes do Estado de São Paulo no Departamento de Gestão de Esportes de Alto Rendimento e Centro Olímpico.

Também foi assistente parlamentar e assessor especial na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp).