A jornalista Rosa Maria dos Santos teve uma surpresa desagradável ao tentar exercer o seu direito de voto em um colégio de Santos neste domingo, 15. "Imagina só você chegar na sua seção para votar e alguém votou no seu lugar? Foi exatamente o que aconteceu comigo. (...) Quando eu cheguei, alguém votou no meu lugar. Não teve conferência de documentação, obviamente", declarou.

Participe dos nossos grupos 👉 https://bit.ly/COSTAINFORMA10 📲 Informe-se, denuncie!

A eleitora da Zona Eleitoral 273 tentou votar em sua seção, 265, no bairro Campo Grande, e foi informada de que teria que voltar pra casa e tentar justificar a ausência na votação posteriormente. "Claro que eu não aceitei essa resposta (de que teria que voltar para casa), todo mundo tentou resolver aqui. Mas não vou conseguir votar por um erro de pessoas que não conferiram a documentação, não conferiram nada. Ou seja, me foi tirado o direito de votar. Estou me sentindo extremamente desrespeitada", criticou a jornalista.

A suspeita da eleitora é de que uma mulher com o mesmo nome tenha se equivocado e o mesário responsável não tenha conferido a documentação. "Eu sei disso porque todo ano quando eu ia votar eles perguntavam o nome da minha mãe, porque tinha justamente outra pessoa. Essa pessoa se mudou e mudou de seção eleitoral. Mas hoje ela foi na minha seção votar e disse: sou Rosa Maria dos Santos. Só que só tinha uma Rosa Maria dos Santos, porque o nome dela não estava mais na lista. E não pediram nenhuma documentação pra ela. Ela não tinha nada, mas simplesmente disse o nome dela, assinou e foi votar”, explicou.