O resultado das eleições em Bertioga mostrou a força do grupo ligado à candidatura do atual prefeito Caio Matheus (PSDB) reeleito com 15.137 votos (50,80%), na coligação Bertioga no Caminho Certo, que reuniu os partidos (PSDB, DEM, PROS, Solidariedade, Cidadania, MDB, PODE, Republicanos e PSD). O grupo terá oito das nove cadeiras da Câmara, no próximo mandato, que inicia em janeiro de 2021.

O PSDB e o PSD elegeram três representantes cada, enquanto o Republicanos conseguiu encaixar dois. O coordenador da campanha e presidente do PSD, Gustavo Mello, creditou a grande conquista ao empenho de todos do grupo e ao planejamento. “Foi um trabalho muito bem feito por toda a equipe. Pessoas que conhecem a cidade, que se envolveram - 24 horas no ar. Com isso a gente conseguiu a vitória, com pé no chão, sempre respeitando o adversário; campanha limpa, não utilizamos fake news... Fomos muito atacados neste sentido, mas a verdade sempre prevalece”.

Dentre os demais partidos que concorreram às vagas no Legislativo bertioguense, apenas o PSL conseguiu eleger um candidado, Taciano Goulart , com 815 votos.

O Legislativo bertioguense terá quatro estreantes para o mandato 2021/2024. Foram eleitos pela primeira vez,  Renata e Barreiro (PSDB), Macário (PSD), Elisangela e Guarujá (Republicanos).

 

O feito das mulheres

A candidata Renata Barreiro (PSDB) foi eleita com a segunda maior somatória de votos, 1225, perdendo apenas para Carlos Ticianelli, do mesmo partido, que recebeu 1248 votos. Também eleita, a candidata Elisangela (Republicanos), foi a sétima colocada em número de votos, com a aprovação de 850 eleitores. Apenas uma única vez, duas mulheres foram diplomadas no cargo, em Bertioga. Isso na eleição de 2012, com Beth Consolo (1.143 votos) e Valéria Bento (1.138).

A atual vereadora Valéria Bento foi pioneira em 2008 e conseguiu se reeleger por duas vezes (2012 e 2016). Mas, nesta eleição de 2020, mesmo estando no grupo do PSD, ela não alcançou o Quociente Partidário (QP), tendo recebido 653 votos, o que a deixa com uma vaga de suplente. Aliás, para suplente, são 16 mulheres, das quais: quatro do PSD; quatro do PL; quatro do PSDB; e quatro do Republicanos.

 

Veja todos os eleitos:

CARLOS TICIANELLI (PSDB) - 1.248 votos

RENATA BARREIRO (PSDB) - 1.225 votos

EDUARDO PEREIRA (PSD) - 1.223 votos

MACÁRIO (PSD) - 1.193 votos

MATHEUS RODRIGUES (PSD) - 1.162 votos

NEY LYRA (PSDB) – 1.134 votos

ELISÂNGELA (REPUBLICANOS) – 850 votos

TACIANO GOULART (PL) – 815 votos

GUARUJÁ (REPUBLICANOS) – 668 votos

*Confira a relação dos suplentes e os demais votos aqui