De acordo com pesquisa de boca de urna do IBOPE, realizada neste domingo, 15, a disputa do segundo turno na capital paulista deve ser entre o atual prefeito Bruno Covas (PSDB) e Guilherme Boulos (PSOL). Covas, de acordo com a pesquisa, está à frente, com 33% dos votos, e Boulos tem 25%. Boulos, que começou as eleições com 10% dos votos, teve a maior ascensão – de 15%, subindo 9% em relação a última pesquisa do mesmo instituto, realizada entre 12 e 14 deste mês, quando contabilizou 16%.

Participe dos nossos grupos 👉 http://bit.ly/COSTANOTÍC2 📲 Informe-se, denuncie

As informações de boca de urna foram coletadas junto aos eleitores que saiam das sessões eleitorais após terem votado. Foram ouvidos 6.000 eleitores.

De acordo com a pesquisa, Márcio França (PSB) estaria na terceira posição, com 13%. Em quarto lugar, um empate triplo entre Arthur do Val “Mamãe Falei”(Patriota), Jilmar Tatto (PT) e Celso Russomano (Republicanos), cada um com 8%. Russomano, que nas primeiras pesquisas disputava a primeira posição com Bruno Covas, registrou a maior queda.

Após o empate triplo, figura Joice Hasselman (PSL) com 2%; Andrea Matarazzo (PSD); Levy Fidelix (PRTB) e Marina Helou (Rede) com 1% cada. Antonio Carlo (PCO), Orlando Silva (PcdoB) e Vera Lúcia (PSTU) não chegaram a 1%.

Votos Brancos, nulos e indecisos totalizaram 13% e, da mesma forma que no cálculo oficial, não foram contabilizados na formação da porcentagem dos candidatos.    

Na última pesquisa IBOPE, além do já citado número de Boulos, Bruno Covas (PSDB) liderava com 38%, Celso Russomanno (Republicanos) e Márcio França com 13%, Arthur do Val – Mamãe Falei (Patriota) 7%, Jilmar Tatto (PT): 6%, Joice Hasselmann (PSL): 3%, Andrea Matarazzo (PSD): 2% Levy Fidelix (PRTB) e Marina Helou (Rede) com 1%. Antônio Carlos (PCO), Orlando Silva (PCdoB) e Vera Lúcia (PSTU) tiveram menos de 1%.