Continua após a publicidade
Continua após a publicidade
Política

Denunciado pelo Ministério Público, "maníaco da peruca" irá a júri popular

.Denunciado pelo promotor Cássio Sartori, o dentista Flávio do Nascimento Graça, que ficou conhecido como “maníaco ...

Da Redação
23/06/2020 às 17:10.
Atualizado em 23/08/2020 às 23:43
Continua após a publicidade
Continua após a publicidade
 (Divulgação / MP)

(Divulgação / MP)

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

.

Denunciado pelo promotor Cássio Sartori, o dentista Flávio do Nascimento Graça, que ficou conhecido como “maníaco da peruca”, irá a júri popular. O réu responde por cinco homicídios qualificados, sendo três consumados e dois tentados. De acordo com as investigações, os crimes foram cometidos por vingança, já que as vítimas abriram uma unidade da Clínica Americana, voltada a atendimento odontológico, na mesma rua do município de Santos onde o acusado tinha sua própria clínica, o que teria ocasionado diminuição de sua clientela e o fechamento de seu empreendimento.O primeiro crime ocorreu em dezembro de 2014, quando o denunciado matou Agilson Correia de Carvalho, dono da Clínica Americana, atingindo-o na cabeça quando o mesmo saía de seu estabelecimento. Após a morte de Agilson, seus irmãos, Aldacy Correa de Carvalho e Arnaldo Correa de Carvalho; e seu sobrinho, Alex Macedo de Carvalho, passaram a administrar a clínica odontológica. Não satisfeito com o fato de a empresa concorrente continuar com suas atividades, Graça decidiu, então, matar também os familiares de sua primeira vítima. Em julho de 2015, o acusado preparou uma emboscada, usando uma peruca black power para evitar ser reconhecido. Na ocasião, ele atirou contra as três pessoas, matando Aldacy na hora. Arnaldo passou 4 meses internado, mas também acabou falecendo em virtude dos ferimentos. Já Alex foi baleado de raspão no rosto, conseguiu se abrigar dentro de um táxi e fugir, evitando ser atingido fatalmente.Em setembro de 2015, o denunciado resolveu se vingar de Sônia Cristina Saboya, que já havia sido sua funcionária e, à época dos fatos, trabalhava na Clínica Americana. Após observar a rotina de Sônia e constatar que ela usava bicicleta para se locomover até o local de trabalho, Graça, usando uma peruca loira, repetiu o modus operandi, permanecendo de tocaia e surpreendendo Sônia, atirando várias vezes contra ela e fugindo em seguida. Atingida no tórax e nos braços, a vítima recebeu pronto atendimento médico e sobreviveu.Na denúncia, a Promotoria destacou o fato de que Graça agiu por motivo torpe (vingança) e de emboscada, dois motivos qualificadores que podem aumentar a pena em caso de condenação perante o Tribunal do Júri.Parecer elaborado pelo Centro de Apoio à Execução do MPSP atestou que Graça não sofre de esquizofrenia, sendo "inteiramente capaz de entender o caráter ilícito de sua conduta (...)".Fonte: MPSP

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

O Portal Costa Norte é um dos veículos de comunicação do Sistema Costa Norte de Comunicação, empresa que atua no litoral paulista há mais de vinte e oito anos levando informação a toda a população com seriedade e imparcialidade.

Sistema Costa Norte de Comunicação© Copyright 2022Todos os direitos reservados ao Sistema Costa Norte de Comunicação.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por