Festival Felino reúne diversidade cultural no litoral norte | Sistema Costa Norte de Comunicação
|
 Esquadrão Bombelhaço estará em Caraguatatuba dia 11 e em Ilhabela, no dia 12
Esquadrão Bombelhaço estará em Caraguatatuba dia 11 e em Ilhabela, no dia 12 Foto: Divulgação/Festival Felino

Festival Felino reúne diversidade cultural no litoral norte

Artistas internacionais e nacionais apresentam-se em Caraguatatuba, São Sebastião e Ilhabela

08 de maio de 2019 Última atualização: 15:05
Por Da Redação
 Esquadrão Bombelhaço estará em Caraguatatuba dia 11 e em Ilhabela, no dia 12
Esquadrão Bombelhaço estará em Caraguatatuba dia 11 e em Ilhabela, no dia 12 Foto: Divulgação/Festival Felino

Espetáculo Carpe Diem, a vida em um zeptosegundo, é a atração do dia 9, em Ilhabela
Espetáculo Carpe Diem, a vida em um zeptosegundo, é a atração do dia 9, em Ilhabela Foto: Divulgação/Festival Felino

O Felino - Festival de Artes do Litoral Norte - apresenta fortes grupos internacionais e nacionais na programação de sua segunda semana, entre os dias 9 e 12, nas cidades de Caraguatatuba, São Sebastião e Ilhabela. Uma oportunidade única na região, com divertimento e cultura garantidos, em espetáculos com entrada livre para todas as idades. É só chegar e retirar os ingressos nas bilheterias com uma hora de antecedência.


Do Chile vem a Cia de Teatro El Faro, com a peça Soquete Best-ial, onde circo e teatro se entrelaçam na atuação do palhaço Tony Soquete. São pequenas histórias sobre a inocência e a estupidez humana. Um concertista, um turista, um assassino e um vendedor de sonhos estão em cena! A El Faro atua em países, como Estados Unidos, Chile e vários outros da América Latina. Já são 20 anos de roteiros de clown, do circo até o teatro, com ênfase na crítica aos comportamentos sociais.


Da Colômbia, chega a Cia Circo Medellin, com a peça Um Golpe a la Tristeza. No enredo, o personagem Caliche, criado por Carlos Alvares, dá, com certeza, um golpe e espanta a tristeza. Ele traz na maleta poderosa até um cometa que faz a conexão dele e do público com o céu. Risadas e encantamento garantidos nesta peça em que o artista usa técnicas para fazer rir e pensar sobre a inocência das crianças. Aqui, o circo se encontra com os conceitos de justiça social. Carlos Alvarez já participou de vários festivais colombianos e internacionais, como o Felino.


Já na peça Esquadrão Bombelhaço, da Cia brasileira Palombar Circo Teatro, o desafio é exaltar a gestualidade do palhaço por meio de uma comicidade lúdica inspirada em animações do século XX. Um batalhão de bombeiros corre para acabar com um incêndio que tomou conta do picadeiro e o salvamento é entre trombadas e tropeços. A Palombar tem formação em técnicas de circo, teatro e música, que são as bases do Instituto Pombas Urbanas, do bairro Cidade Tiradentes, da zona leste de São Paulo. O grupo já foi premiado diversas vezes e traz agora para o litoral norte a harmoniosa mistura da acrobacia com a música.


Da cidade vizinha de Caraguatatuba, Ilhabela recebe o premiado Corpo de Baile, na quinta-feira, 9, com a peça Carpe Diem, a vida em um zeptosegundo, baseada na Ode a Leucone, de Horácio, conhecida principalmente por seu último verso, Carpe Diem! A ideia é viver intensamente o presente, sem dar tanta importância ao passado ou ao que virá.


Esse grupo foi criado em 2001 pela Fundação Educacional e Cultural de Caraguatatuba (FUNDACC) e recebeu o prêmio governador do Estado em 2017, por voto popular. Participa dos principais festivais de dança do país, e tem dedicação a pesquisa e a criação de composições, dirigidas pela coreógrafa Cristina Neves. No palco, são dez bailarinos conectados pela poesia que valoriza a vida.


Durante o Festival Felino são oferecidas oficinas com artistas consagrados para todos os interessados. As inscrições podem ser feitas no facebook/associacaofelino e no site circonavegador.com.br


O Festival Felino é uma produção da Frente de Educação e Cultura do Litoral Norte, com patrocínio do Prêmio FUNARTE/IBERECENA e apoio das prefeituras de Ubatuba, Caraguatatuba, São Sebastião e Ilhabela. Os espetáculos acontecem até 26 de maio.


Apresentações 

Caraguatatuba

Dia 11 - Praça Cândido Mota - 20h30

Esquadrão Bombelhaço - Palombar Circo Teatro - Brasil


São Sebastião

Dia 10 - Teatro Municipal de São Sebastião - 20h*

Soquete Bestial - Teatro El Faro - Chile


Dia 11 - Teatro Municipal de São Sebastião - 20h*

Un Golpe a la Tristeza - Circo Medellin - Colômbia


Ilhabela

Dia 9 - Galpão das Artes - 20h*

Carpe Diem, a vida em um zeptosegundo - Corpo de Baile de Caraguatatuba - Brasil


Dia 10 - Pés no Chão - 20h*

Un Golpe a la tristeza - Circo Medellin - Colômbia


Dia 11 - Galpão das Artes - 20h*

Soquete Bestial - Teatro El Faro - Chile


Dia 12 - Praça - Cel. Julião de Moura Negrão - 16h

Esquadrão Bombelhaço - Palombar Circo Teatro - Brasil


Veja toda a programação em facebook/associacaofelino e instagram.com/associacaofelino

#festivalfelino

Comentários
31357
Últimas Notícias