Continua após a publicidade
Continua após a publicidade
DESESPERADOR

Vídeo: advogada é baleada, entra em luta corporal e desarma cliente no Rio de Janeiro

Homem se recusa a pagar honorários de processo de inventário à advogada e resolveu ir armado ao escritório dela. Advogada conseguiu conter agressor, mas foi baleada quatro vezes. Ela foi socorrida, internada e está fora de perigo. Agressor foi preso em flagrante

Da redação
27/01/2022 às 16:24.
Atualizado em 27/01/2022 às 16:54
Continua após a publicidade
Continua após a publicidade
Mesmo baleada, advogada conseguiu conter agressor armado

Mesmo baleada, advogada conseguiu conter agressor armado

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

Uma advogada entrou em luta corporal e desarmou um cliente que havia entrado para ameaçá-la em seu escritório em um shopping no Centro de Campos dos Goytacazes, no Rio de Janeiro, na tarde desta quarta-feira (26).

Antes de conter o homem, Nayara Gilda Gomes, de 27 anos, acabou sendo atingida por quatro disparos. Segundo informações, a motivação do agressor seria uma recusa em pagar honorários advocatícios em um processo de inventário.

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

Toda a ação, de pouco mais de um minuto, foi registrada por câmeras de segurança do escritório. Nas imagens, o cliente entra no escritório por uma escada em caracol portando uma sacola.

Em seguida, ele saca a arma e aponta para a advogada que se assusta e pergunta ao homem  se ele “está maluco” antes de levantar-se e ir na direção dele (assista abaixo). Enquanto tenta sobreviver, a mulher grita diversas vezes por socorro.

Continua após a publicidade

Pessoas que passavam no local chamaram a polícia que foi até o local e encontraram o homem com a arma na mão. Segundo a Polícia Civil do Rio, ele foi preso em flagrante e vai responder por tentativa de homicídio triplamente qualificado e porte ilega de arma de uso restrito. 

Horas após o ataque, a advogada gravou um vídeo afirmando que foi atingida em um dos pulmões, nas duas mãos e ficou com uma bala alojada no tórax. Ela afirmou que não corre risco de morte e está em observação médica. 

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

A advogada afirma que o cliente, identificado por ela como Diego Dourado, não queria pagar a ela R$ 160 mil em honorários de um processo de inventário. O caso é investigado pela Deam (Delegacia Especializada de Defesa da Mulher) de Campos dos Goytacazes.

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

O Portal Costa Norte é um dos veículos de comunicação do Sistema Costa Norte de Comunicação, empresa que atua no litoral paulista há mais de vinte e oito anos levando informação a toda a população com seriedade e imparcialidade.

Sistema Costa Norte de Comunicação© Copyright 2022Todos os direitos reservados ao Sistema Costa Norte de Comunicação.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por