A polícia de Mato Grosso do Sul apreendeu 33 toneladas de maconha, nesta quarta-feira, 26, no que foi considerada a maior apreensão de drogas ilícitas na história do país. As informações são do Departamento de Operações de Fronteira (DOF), órgão ligado à PM. Durante a operação, dois homens foram presos.

Participe dos nossos grupos ℹ📲 https://bit.ly/CNAGORA9 🕵‍♂ Informe-se, denuncie!

A apreensão se deu durante patrulhamento do DOF na rodovia MS-156, na cidade de Maracaju. Uma carreta que vinha em sentido oposto ao dos policiais desobedeceu a uma ordem de parada. Com isso, iniciou-se uma perseguição que culminou no abandono do veículo e fuga pelo motorista, ao não conseguir fazer uma manobra. Os policiais, então, revistaram as carrocerias e encontraram a carga de maconha.

A polícia levou quatro horas para concluir a pesagem do carregamento. Dois batedores que vinham num veículo atrás da carreta foram presos. Os batedores alertam o motorista sobre a presença da polícia. Um deles confessou que seria remunerado pelo serviço.

Segundo o DOF, o valor estimado da carga é de 50 milhões de reais. Antes desta operação, a maior apreensão da história do país era de 28 toneladas. A polícia afirma que as estradas mais vazias, em função da pandemia, ajudam nas fiscalizações e nas apreensões.