Organizações monitoram situação da covid-19 nas favelas do Rio | Sistema Costa Norte de Comunicação
Logo do Jornal Costa Norte

Sistema Costa Norte de Comunicação

Logo do Jornal Costa Norte

Organizações monitoram situação da covid-19 nas favelas do Rio

Agência Brasil
16 de maio de 2020 às 16:37


Para monitorar a real situação da pandemia de covid-19 nas favelas do Rio de Janeiro, diante da subnotificação de casos e discrepância nos dados oficiais, organizações que atuam nestes territórios lançaram iniciativas para fazer o levantamento dentro das comunidades.


Participe dos nossos grupos ℹ http://bit.ly/CNAGORA8 🕵‍♂Informe-se, denuncie!


O jornal comunitário Voz das Comunidades, do Complexo do Alemão, organizou um painel de dados de contágio com o recorte das favelas da cidade, com base nos dados oficiais. Enquanto o painel da Prefeitura do Rio de Janeiro especifica dez comunidades, a Voz das Comunidades lista, até o momento, 13 favelas com casos de covid-19. Até a noite de ontem, 15, o painel contava 443 casos confirmados de covid-19 nas comunidades, com 153 mortes.


Segundo o fundador do jornal, René Silva, o monitoramento é feito com dados colhidos nas clínicas da família e Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) das regiões, dando mais precisão do local de moradia do paciente do que as informações da prefeitura.


“A prefeitura divulga por bairro e não é possível saber em que lugar é dentro do bairro. A Rocinha, por exemplo, entra muitas pessoas como bairro de São Conrado. Outros entram como Olaria, Ramos, Bonsucesso, não reconhece como Complexo do Alemão”.


Por isso, os dados divergem dos números da prefeitura. Na Rocinha, por exemplo, a favela com mais casos, o Voz das Comunidades registra 98 casos e 40 óbitos. No painel da prefeitura constam 70 casos e 22 óbitos. O Complexo da Maré aparece em segundo, com 67 casos e 17 óbitos segundo o Voz das Comunidades e a prefeitura. Manguinhos tem 44 casos e 12 óbitos de acordo com o jornal e 31 casos com seis óbitos segundo a prefeitura. No Complexo do Alemão, a prefeitura contabiliza apenas dois casos e um óbito, enquanto o painel do jornal comunitário soma 32 casos e 13 óbitos.


René explica que o painel do Voz das Comunidades registra apenas os casos confirmados. Ele adianta que o jornal está criando um painel paralelo para acompanhar os casos de óbitos suspeitos de covid-19, mas que não estão sendo testados nem contabilizados.


“Tem muitas pessoas que sentiram todos os sintomas de covid e tiveram uma morte muito rápida, de três a quatro dias, mas muitas delas não estão sendo testadas, então estão registrando a morte com outras causas, não estão entrando na conta oficial de covid”, diz ele.


O presidente da Associação de Moradores da Rocinha, Wallace Pereira, elogia o trabalho de René e confirma a subnotificação na favela da zona sul.


“O morador entra na UPA com suspeita e é transferido pro hospital de referência. Daí pra frente, chega a falecer mas não sai com o dado de que é da Rocinha, não notifica o endereço da Rocinha. Os casos notificados dentro da Rocinha, eu posso falar pra você que é o dobro ou o triplo, porque nós não temos um dado confirmado pra gente”.


O painel da prefeitura indicava na noite de ontem 2.355 casos de covid-19 sem a identificação de bairro.


Complexo da Maré

No Complexo da Maré, a organização Redes da Maré lançou na semana passada o boletim De olho no Corona!, com atualização semanal dos dados para as 16 comunidades do complexo de favela.


Os números divulgados ontem, 15, com dados recolhidos até o dia 9, indicam 136 casos de pessoas com sintomas similares à covid-19 na Maré e 28 mortes suspeitas. Os casos confirmados são 34 e os óbitos oficiais são 17.


O levantamento é feito pela equipe de profissionais da área social da instituição junto à população e será lançado às quintas-feiras. O trabalho aborda também a situação das unidades de saúde que existem no território e acompanha a dificuldade que as pessoas estão encontrando para conseguir uma internação.


“Em levantamento da Redes da Maré, constatou-se que a UPA da Vila do João, única unidade de pronto atendimento da Maré, possui 15 leitos, dos quais dois em sala vermelha (emergência-atendimento imediato) e 13 em salas amarelas (urgente-atendimento em até 60 minutos), sendo destes dez para adultos e três para crianças”, diz o primeiro boletim.


A coordenadora do projeto, Lidiane Malanquini, explica que a necessidade de fazer o levantamento surgiu nos atendimentos feitos pela organização para levar informação aos moradores. Segundo ela, foi constatada a dificuldade das pessoas em terem atendimento adequado na rede de saúde.


“A falta de testagem dificulta a confirmação dos casos, já que as Clínicas da Família só fazem os testes em casos muito graves. Sabemos que muitas pessoas vão pras Unidades Básicas de Saúde e ficam em isolamento com sintomas de febre, dor no corpo, falta de ar. No entanto, estas pessoas não aparecem nas estatísticas como confirmadas, os números não mostram estes casos”.


Lidiane propõe que seja criada uma forma de acompanhamento dos pacientes que não ficam internados, para se ter uma noção mais real do tamanho da pandemia na cidade.


“São urgentes medidas como criação de um polo ou equipe de atendimento que monitore pacientes que, em princípio, não necessitam de internação; a testagem e qualificação dos dados sobre confirmados de covid-19; mais investimento em profissionais, estrutura e equipamentos de saúde e ampliação de leitos hospitalares com a utilização de espaços públicos como escolas e creches”.


Para a diretora do Observatório de Favelas, Isabela Souza, o “efeito gangorra” de contaminação pelo novo coronavírus já está surgindo nas comunidades, mas os dados ainda não apareceram nas estatísticas oficiais. Segundo ela, estimativas apontam um contágio de pelo menos o dobro do que é notificado.


“A taxa de contaminação que era muito grande nos bairros mais ricos agora se desloca para as regiões mais pobres da cidade e com índices de letalidade muito superior às das regiões mais ricas, porque essa regiões mais pobres não tem o mesmo acesso à saúde, as pessoas não tem grana para pagar saúde particular, para se alimentar tão bem e tem a imunidade mais frágil, moram em casas onde habitam muitas pessoas em poucos cômodos”, explicou.

Comentarios

Previsão do tempo


MÁX

MIN

Estradas

Segurança

Colunas e Blogs

Geral

Política

Esporte

Variedades

Horóscopo Cigano

Horóscopo Cigano - de 21 a 27 de maio

  • Coroa - 21 a 27 de maio

    COROA - (20 DE ABRIL A 20 DE MAIO) Vibrações positivas para o amor, uma nova fase de luz e compreensão enfim você se adapta mais às questões pessoais, entende todas as situações e busca a paz interior. Mude o que for preciso porém não perca o foco dos seus objetivos, a semana tende a ser positiva também nas questões profissionais. Bom momento para cuidar da sua saúde física e espiritual, ter e mente em ordem é fundamental neste momento de mudanças repentinas.

  • Candeias - 21 a 27 de maio

    CANDEIAS -  (21 DE MAIO A 20 DE JUNHO) É preciso parar de fantasiar certas situações, acordar para os bons momentos de luz e seguir com fé e entusiasmo, deixar de lado certas manhas pessoais, encarar de frente as questões e resolver de vez pois o tempo é precioso demais neste momento atual. No amor tudo tende a acontecer de uma maneira mais branda, seja apenas um pouco mais gentil e tudo volta ao normal, saber ouvir também é uma virtude.

  • Roda - 21 a 27 de maio

    RODA - (21 DE JUNHO A 21 DE JULHO) Vibrações positivas para o amor, uma nova fase de luz e bons presságios, você se sente bem depois de uma resposta favorável e segue com bons planos para a sua vida amorosa. Bom momento em questões familiares enfim a compreensão reina e tudo fica em paz. Essa será uma semana dedicada ao lado profissional, a busca pelo progresso é intensa e as boas respostas surgem devido ao seu empenho, até mesmo questões familiares ganham um novo sentido.

  • Sino - 21 a 27 de maio

    SINO - (23 DE AGOSTO A 22 DE SETEMBRO) Busque a sua paz interior, deixe de lado os seus medos e tente resolver de maneira positiva certas questões. A semana pede atitudes de sua parte, vá ao encontro da luz pessoal, siga a sua intuição os dias pedem mais atrevimento então encare as situações com otimismo, garra e muita fé! No amor o seu coração ainda carrega algumas dúvidas, seja mais firme em seus atos, decida de vez que caminho deseja seguir e se desprenda de tudo  que atrapalha a sua vida.

  • Moedas - 21 a 27 de maio

    MOEDAS -  (23 DE SETEMBRO A 22 DE OUTUBRO) É preciso se desapegar de certos pensamentos e sentimentos, focar em seus objetivos e fugir de situações desagradáveis, busque a paz interior algo ainda te incomoda de uma certa maneira, não se deixe levar pelo medo entenda os fatos e vire a página, crie uma nova história muito mais positiva e deixe ir, o tempo se encarrega de trazer novas respostas desde que você aprenda a desapegar daquilo que não te traz resposta alguma.

  • Adaga - 21 a 27 de maio

    ADAGA - (23 DE OUTUBRO A 21 DE NOVEMBRO) A capacidade de dar a volta por cima, a força interior que muda tudo de maneira positiva, a semana será marcada por situações agradáveis que elevam o seu astral. Bom momento para novos aprendizados e para os estudos, as boas oportunidades financeiras e trabalhistas também surgem em seus caminhos. No amor você consegue dar a volta por cima e resolve tudo de maneira positiva, a pessoa amada se apega mais à você

  • Ferradura - 21 a 27 de maio

    FERRADURA - (22 DE DEZEMBRO A 20 DE JANEIRO) A palavra da semana é capacidade! Você verá a capacidade que tem depois de passar por uma determinada situação. A força interior transforma os seus caminhos e você se dedica mais aos seus objetivos maiores. Bons planos, boas realizações enfim você desperta para o que realmente te traz bons resultados, deixa de lado os medos e segue em frente decidindo os seus caminhos com muita luz e energia positiva.

  • Taça - 21 a 27 de maio

    TAÇA - (21 DE JANEIRO A 29 DE FEVEREIRO) Realize os seus bons planos, faça valer todas as situações e não se prenda ao medo, os dias que se seguem serão meio complicados porém a sua força interior e a sua verdade serão libertadoras neste momento. Confie na sua intuição e siga em frente , você tem a capacidade de dar a volta por cima e estes momentos são fortes e significativos em sua vida. No amor e em outras questões pessoais tudo tende a melhorar dentro de alguns dias.

  • Capela - 21 a 27 de maio

    CAPELA - (20 DE FEVEREIRO A 20 DE MARÇO) Resoluções, mudanças e boas respostas marcam a sua semana. Chegou a hora de reavaliar seus planos trabalhistas e não se desesperar diante das situações. Bom momento para cuidar da sua saúde física e espiritual, encontrar a paz interior e deixar de lado certos assuntos desagradáveis. Muitas vezes você bate de frente com questões que não valem à pena, o momento requer mais maturidade e raciocínio lógico diante das situações.

  • Punhal - 21 a 27 de maio

    PUNHAL - (21 DE MARÇO A 20 DE ABRIL) Momentos de luz e realizações, enfim você consegue respirar de maneira aliviada depois de um período de muitas batalhas. A semana tende a ser mais otimista e com novas realizações, bons projetos profissionais enfim este é o momento de organizar-se mais , seguir com entusiasmo e foco pois as boas oportunidades voltam a surgir em seus caminhos. No amor tende entender as crises da pessoa amada e não revide qualquer situação desagradável.

  • Estrela - 21 a 27 de maio

    ESTRELA - (22 DE JULHO A 22 DE AGOSTO) Fase de renovação , de fé e entusiasmo, a semana tende a ser agitada devido aos seus bons planos, apesar de ainda estar em certas crises amorosas você tende a pensar numa resolução para tal questão. O seu coração carrega algumas dúvidas com respeito ao amor, porém esses dias serão decisivos pois o destino se encarrega de trazer resoluções. Confie no seu potencial e não se deixe levar pelo desânimo, tudo pode mudar repentinamente.

  • Machado - 21 a 27 de maio

    MACHADO - (22 DE NOVEMBRO A 21 DE DEZEMBRO) Força e entusiasmo, as novas respostas surgem em seus caminhos e a paz interior volta a reinar em sua mente e em seu coração. Uma nova resposta amorosa traz a paz desejada, você fica bem depois de esclarecer os assuntos mal resolvidos. Mesmo estando com muitas ocupações conseguirá encontrar tempo para se divertir e relaxar um pouco, e merecidamente o destino te traz duas importantes respostas que favorecerão o seu astral