Covid-19 muda festejos pelo Dia das Mães e divide famílias | Sistema Costa Norte de Comunicação
Logo do Jornal Costa Norte

Sistema Costa Norte de Comunicação

Logo do Jornal Costa Norte

Covid-19 muda festejos pelo Dia das Mães e divide famílias

Ludmilla Souza/Agência Brasil
10 de maio de 2020 às 16:13

A pandemia do novo coronavírus impôs ao mundo um período indefinido de isolamento social e com ele as mudanças nas datas comemorativas, como foi a Semana Santa e agora, o Dia das Mães, celebrado neste domingo, 10.

Por força da quarentena, o tradicional almoço do Dia das Mães já não vai reunir a família como todo ano acontece na casa da aposentada Antonia Campos, de 82 anos e mãe de cinco filhos. 

Esse ano ela saiu de São Paulo e foi com o marido e uma filha para o interior de Minas Gerais, fugir da cidade que registra o maior número de casos da covid-19 no país. Ela vai passar o período de isolamento com uma das filhas, a professora Angela Paradelas em Muriaé (MG).

Para a aposentada, esse ano vai ser diferente, porque geralmente a filha Angela não vai para São Paulo passar o Dia das Mães. “Sinto muito não poder reunir na minha casa os meus filhos, como todos os anos eu faço, não vai ser muito alegre, mas também não digo que será triste porque estou ao lado de duas filhas e com saúde. Mas estou triste, pois estou longe dos meus netos e de três filhos, também pela situação que está o país, pelo momento político e pela pandemia”, lamenta Antonia.

Estresse

Já a filha Angela diz que isolamento deu a oportunidade de passar a data com a mãe, o que não acontece todo ano. “Com todo o estresse dessa pandemia, pelo menos isso me trouxe um alento, estar com a minha mãe no dia dela, depois de tantos anos sem poder almoçar com ela nesse dia. Então, para mim vai ser muito gratificante estar com ela. Veio a calhar e tapar um buraco, porque é uma data que, em 25 anos, não passo longe da minha filha, e, por ela ter casado recentemente e morar em outra cidade, ela não vai passar comigo. Então, foi uma coisa pela outra”, reflete.

A filha da professora Angela, a analista comercial Daniela Paradelas, mora em Viçosa (MG), a 90 km de Muriaé, mas a prefeitura de Viçosa restringiu, desde 23 de março, os acessos à cidade por meio de decreto como forma de impedir que o novo coronavírus chegue ao município. 

São cinco barreiras em rodovias e 19 em estradas que dão acessos aos distritos e zona rural. A atuação nas barreiras conta com 120 profissionais da prefeitura e uma equipe formada por 36 seguranças de uma empresa privada. Os veículos com autorização de passagem são pulverizados com produtos sanitizantes e desinfetantes. A analista não conseguiu autorização para sair da cidade.

Daniela disse que está sendo um momento muito difícil. “Meu emocional está bem abalado. Casei em novembro e, com os desastres das chuvas aqui na região, fiquei bom tempo sem ver minha mãe, pois as estradas caíram. Agora a prefeitura de Viçosa colocou barreiras sanitárias em todas as saídas da cidade, então no momento estou impossibilitada de ver minha mãe. Hoje são 60 dias sem vê-la e a falta de previsão de quando vou encontrá-la me deixa mais triste ainda”, confessa.

Ela disse que será o primeiro Dia das Mães longe. “Confesso que ainda não me conformei com a ideia. Fico pensando em várias maneiras de ir para Muriaé, mas tenho consciência que estaria burlando um decreto. Mas, de qualquer forma, vou mandar um presente para ela bem especial”. 

A data será comemorada junto com a sogra e o marido. “Iremos fazer um almoço e comemorar que estamos todos com saúde”.

Para a professora Angélica Benith, a data também será diferente. Apesar de morar na mesma cidade que a mãe, São Paulo, não irá cumprimentá-la pessoalmente pelo dia, assim como a sogra, como faz todo ano. Ela diz que sempre almoça com a mãe, Marli Ribeiro dos Santos ,de 59 anos, e o café da tarde é com a sogra, Jane Benith Belo, de 63 anos.

“Não vou visitá-las, não vou abraçar e beijar, mas, no geral, não me sinto ruim porque a gente já tem uma ligação próxima, falo com minha mãe e minha sogra o dia inteiro. Então, farei uma videochamada para poder falar com elas e dar os parabéns, porque é um dia importante. Mas é um momento que a gente tem que se recolher e cuidar de quem a gente ama, que nos deu a vida, temos que preservar e cuidar da nossa matriarca. Muito provavelmente eu vou levar o presente, entregar de luva e máscara, mas não vou poder ficar junto nesse dia”, diz Angélica.

Distanciamento físico

A psicóloga organizacional Daiane Oliveira de Paula também pretende ver a mãe, mas mantendo o distanciamento físico. 

“Pretendo usar uma máscara e ir até a casa dela desejar feliz Dia das Mães da porta, não vou nem entrar, mas eu quero vê-la!”, argumenta.

Ela conta que todos os anos se reúne com a mãe e os dois irmãos na casa dela. “Fazemos um almoço, geralmente churrasco, e cada um contribui trazendo um prato, sobremesa e bebida. Passamos o domingo juntos, os netos entregam os presentes para ela, tiramos fotos, nos abraçamos e beijamos. É sempre muito bom! Esse ano, por causa do momento que estamos vivendo, ficará cada um na sua casa. E eu e meus irmãos vamos encomendar uma cesta de café da manhã e mandar entregar na casa dela”.

O Dia das Mães acontece neste ano com grande parte dos estabelecimentos comerciais de portas fechadas. A segunda melhor data para o comércio, atrás apenas do Natal, costumava promover alavancagem das vendas em maio. Enquanto isso, o comércio online garante promoções especiais para que filhos e filhas marquem presença neste dia. 

Já os restaurantes, também fechados, não receberão as famílias para os almoços de domingo. E as vídeo chamadas, já incorporadas ao cotidiano neste momento de isolamento, unirão as famílias neste Dia das Mães.

Comentarios

Previsão do tempo


MÁX

MIN

Estradas

Segurança

Colunas e Blogs

Geral

Política

Esporte

Variedades

Horóscopo Cigano

Horóscopo Cigano - de 27 a 2 de junho

  • Coroa - 27 a 2 de junho

    COROA - (20 DE ABRIL A 20 DE MAIO) A semana pede mais equilíbrio nas questões financeiras, mais força  e dedicação nas questões profissionais enfim é hora de focar mais em seus objetivos, se desprender dos seus medos e encarar uma nova jornada com mais coragem arriscando um pouco mais. No amor a semana é bem tensa e será preciso manter a calma ao conversar, saber que nem sempre você tem razão e passar por cima de certas situações que possam vir a causar o término do seu relacionamento.

  • Candeias - 27 a 2 de junho

    CANDEIAS -  (21 DE MAIO A 20 DE JUNHO) Momento de recomeço, fase de paz interior enfim você busca uma nova jornada muito mais positiva, fugindo assim de situações que até a pouco tempo te atrapalhavam e muito. Você quer uma vida nova e a partir dessa semana vai mudar o que for preciso em seus caminhos, você reflete sobre tudo o que está por vir porém já tomou a decisão de arriscar, só está esperando uma resposta que durante os dias da semana com certeza aparecerá.

  • Roda - 27 a 2 de junho

    RODA - (21 DE JUNHO A 21 DE JULHO) Uma fase de luz e conhecimento, momento de recomeços e muita paz espiritual. Você se desapega de preocupações banais, vai ao encontro da evolução e quer mais equilíbrio em todos os sentidos, sente que está na hora de rever seus conceitos e desapegar de situações que na verdade só trouxeram dores de cabeça. Este é o seu momento, é hora de viver a sua vida, curtir o seu romance e se desapegar de preocupações familiares.

  • Sino - 27 a 2 de junho

    SINO - (23 DE AGOSTO A 22 DE SETEMBRO) Mude o que for preciso, mas saiba verificar cada fato, entenda que tudo o que você precisa é ser coerente diante das situações, muitas vezes você  tem razão  mas devido às explosões e falta de paciência você acaba mudando tudo e infelizmente acaba desfavorecendo a sua palavra. No amor é hora de tomar decisões sérias em seus caminhos, sair de cima do muro que tanto atrapalha a sua vida e seguir com fé e boas decisões.

  • Moedas - 27 a 2 de junho

    MOEDAS - (23 DE SETEMBRO A 22 DE OUTUBRO) A sabedoria do tempo resolve tudo inclusive as questões mais difíceis, durante a semana você terá boas respostas relacionadas a isso, e terá a certeza de que está bem perto de resolver tudo de maneira positiva. Bom momento de luz e alegrias , você se sente mais forte diante das boas decisões e se sente mais firme nas questões pessoais. No amor é questão de paciência e fé,a pessoa amada terá muitos motivos para te elogiar.

  • Adaga - 27 a 2 de junho

    ADAGA - (23 DE OUTUBRO A 21 DE NOVEMBRO)  A semana traz muito raciocínio lógico e você consegue dar a volta por cima diante de todas as questões. Chegou a hora de avaliar tudo de maneira positiva, colocar em ordem seus pensamentos e sentimentos e focar mais em seus objetivos. Momento de renovação, de fé e boas energias, fim de uma fase de indecisões, você toma a iniciativa diante dos fatos e vai ao encontro da luz desejada para os seus caminhos.

  • Ferradura - 27 a 2 de junho

    FERRADURA - (22 DE DEZEMBRO A 20 DE JANEIRO) Muitas vezes você perde grandes oportunidades pela sua teimosia, acaba deixando de lado aquilo que muito te interessa só por manhas pessoais que não te levam a lugar algum, é preciso raciocinar sobre a sua vida e suas decisões, você sempre acaba tendo certas dores de cabeça por ser tão desorganizado(a) e por não ter coragem de tomar a iniciativa. Seja forte, a semana pede isso de você, vai em frente com as suas boas decisões.

  • Taça - 27 a 2 de junho

    TAÇA - (21 DE JANEIRO A 29 DE FEVEREIRO) A semana traz ações, você vai ao encontro de respostas positivas que fazem mais sentido em sua vida, transforma os seus caminhos de maneira positiva, segue com fé e entusiasmo diante de tudo e acredita no seu potencial. No amor saiba entender os fatos e siga com fé essa nova jornada, mesmo estando com certas dúvidas o que tem de ser e o que tiver de acontecer vai acontecer não adianta tentar supor nem tomar providências sem saber ao certo no que vai dar.

  • Capela - 27 a 2 de junho

    CAPELA - (20 DE FEVEREIRO A 20 DE MARÇO) Tudo o que você precisa na verdade é saber lidar com todas as situações, mudar aquilo que tanto te incomoda de maneira positiva e buscar a paz acima de tudo mantendo assim o equilíbrio para os seus dias. Infelizmente muitas vezes você toma atitudes impensadas e comete grandes erros irreparáveis, mas sempre está disposto a mudar e corrigir os fatos, isso favorece os seus dias, te traz mais conforto diante das situações.

  • Punhal - 27 a 2 de junho

    PUNHAL - (21 DE MARÇO A 20 DE ABRIL) Fase de buscas, momento de reflexões sobre tudo enfim você quer mudar o que for preciso mas ainda não sabe por onde começar. As questões ficam mais claras pra você, mesmo não concordando com muitas a sua decisão será seguir em frente, pois o que deseja mesmo é progresso e fim de situações que não te trazem proveito algum. No amor depois de uma conversa franca tudo fica bem e se você souber manter essa energia da paz isso vai durar muito tempo.

  • Estrela - 27 a 2 de junho

    ESTRELA - (22 DE JULHO A 22 DE AGOSTO) Momento de renovação, de bons sentimentos, de pensamentos fortes e decisivos, muitas questões sendo resolvidas quer sejam familiares, trabalhistas e até mesmo amorosas, a semana traz muitas respostas pra você. Chegou a hora de focar melhor em seus objetivos, fazer a escolha certa e tomar as atitudes mais adequadas. No amor seja coerente, entenda a pessoa amada e fuja de desconfianças que só atrapalham o seu romance.

  • Machado - 27 a 2 de junho

    MACHADO - (22 DE NOVEMBRO A 21 DE DEZEMBRO) A semana oportuna, a hora da reviravolta, o momento de recomeçar enfim depois de muitos imprevistos ao seu redor chegou a resposta para muitas das suas questões porém cabe à você tomar a decisão ideal, a que te trará a verdadeira paz e também o equilíbrio necessário para os seus dias. Respostas amorosas e financeiras surgem juntas te trazendo a alegria e também fortalecendo o seu astral. Momento de muita dedicação à sua fé, isso te fortalece e muito!