ALERTA ANIMAL

Saguis são encontrados mortos após contrair herpes de humanos

Segundo biólogos, a principal causa é a transmissão por meio de alimentos contaminados oferecidos por humanos aos saguis

Da redação
21/10/2021 às 11:36.
Atualizado em 21/10/2021 às 13:47
Saguis são encontrados mortos após contrair herpes de humanos (Foto: Reprodução Ampara Silvestre)

Saguis são encontrados mortos após contrair herpes de humanos (Foto: Reprodução Ampara Silvestre)

O Jardim Botânico de Bauru, no interior do estado de São Paulo virou assunto nos últimos dias após a informação de que saguis (Callithrix) têm sido encontrados mortos em bairros rurais da cidade.

Biólogos alertam que a principal causa das mortes é o herpesvírus humano, transmitido por meio de alimentos contaminados oferecidos aos animais pela população.

Faça parte do nosso grupo no WhatsApp ➤ http://bit.ly/costanortenews2 e receba matérias exclusivas. Não fique desinformado! 📲

A herpes é uma doença causada por dois tipos de vírus: o vírus varicela-zóster (VVZ), que causa catapora (varicela) e também o popularmente conhecido cobreiro (herpes zóster); e os herpesvírus tipo 1 e tipo 2, que causam o chamado herpes simplex. Fatal para os saguis, a doença acomete 9 entre 10 pessoas.

Segundo a Agência de Notícias de Direitos Animais (ANDA), a morte dos saguis contaminados pela doença é rápida. Logo após surgirem as primeiras feridas nas mucosas do rosto, o animal fica debilitado e vem a óbito. Saguis contaminados também contaminam outros animais da espécie, o que aumenta o número de mortes.

Saguis comendo resto de frutas do lixo / sagui morto com ferimentos na face (Fotos: Jardim Botânico Municipal de Bauru)

Sabemos que é difícil resistir a um macaquinho “pedindo” comida, porém é imprescindível saber também que isso pode ser fatal para ele. A manutenção de animais silvestres em contato direto e constante com o homem é reconhecida mundialmente como uma das principais fontes de doenças para a humanidade, porém há também o risco reverso: doenças transmitidas dos humanos para os animais.

Como macacos e humanos têm fisiologia parecidas, além de terem parentesco evolutivo - ambos são primatas, facilita que doenças circulem entre primatas humanos e não humanos.

A ONG de defesa dos direitos e respeito aos animais silvestres Ampara Silvestre alerta: "Oferecer comida para um animal silvestre não é recomendado, ainda mais para mamíferos como macacos, quatis e outros, que ensinam seus filhotes a buscar comida. Muito comum as pessoas acharem que animais silvestres estão passando fome, o que não é verdade".

Segundo a ONG, ao alimentar um macaco ou outro mamífero, estamos interferindo diretamente no aprendizado destes animais a não buscarem fontes de alimentos seguras e disponíveis na natureza. Com isso, estamos interferindo diretamente no comportamento destas espécies.

Mas o que é divertido para os humanos se tornou fatal para os macacos. Um vírus extremamente comum para humanos, o Herpesvirus (causa Herps) é extremamente fatal para os macacos, pois esta doença não circula entre os macacos. Precisamos respeitar os animais a serem animais e não tentar humaniza-los a todo momento.

*Com informações de Anda News

O Sistema Costa Norte de Comunicação atua no litoral paulista há mais de vinte anos levando informação a toda a população com seriedade e imparcialidade

Entre em contato:

Reclamações ou sugestões:

redacao@costanorte.com.br

Comercial e parcerias:

contato@costanorte.com.br

© 2021 Todos Os Direitos Reservados Ao Sistema Costa Norte de Comunicação

Desenvolvido por

Distribuído por