Continua após a publicidade
Continua após a publicidade
FASE VERMELHA

Prefeituras do litoral de SP começam a definir restrições de acesso às praias

Santos e São Vicente já anunciaram que não vão interditar praias, porém vão endurecer as restrições; em conjunto, prefeituras da região pedem apoio do governo estadual para controlar fluxo turístico

Da redação
04/03/2021 às 10:05.
Atualizado em 04/03/2021 às 10:19
Continua após a publicidade
Continua após a publicidade
Praia de Santos, na Baixada Santista (Foto: Fabricio Costa / Futura Press / Estadão Conteúdo)

Praia de Santos, na Baixada Santista (Foto: Fabricio Costa / Futura Press / Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

Com a expectativa de recrudescimento das restrições em todo o estado de SP, as cidades da Baixada Santista e do litoral norte começam a decidir as medidas relacionadas à frequência e permanência nas praias.

A região recua para a fase vermelha com toque de restrição das 20h às 5h a partir deste sábado (06). Com isso, os prefeitos da região começam a se mobilizar para decidir sobre as restrições locais, sendo a principal delas as praias, espaços amplamente frequentados por moradores e turistas.

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

Faça parte do nosso grupo no WhatsApp ➤ http://bit.ly/CostaNortenoticias24horas2 E receba matérias exclusivas. Fique bem informado!

Nesta toada, o prefeito de Santos, Rogério Santos (PSDB) reativou a restrição à presença de ambulantes nas praias da cidade, em vigor em outros momentos. Também foi proibida a afixação de guarda-sóis e uso de cadeiras. Volta também a proibição a esportes coletivos como futevôlei e futebol de areia.

Continua após a publicidade

Em Santos, a pratica de atividades físicas individuais nas praias, como corridas e caminhadas, por enquanto, continua  permitida. Em outras ocasiões,  como na virada de 2020 para 2021, as praias foram totalmente bloqueadas.

Artesp e Ecovias recusaram solicitação das prefeituras da Baixada de cancelar Operação Descida no período de festas de final de ano (Foto: Nilton Fukuda / Estadão Conteúdo)

Com a fase vermelha perdurando no mínimo até 19 de março, as cidades da Baixada Santista também pediram auxilio do governo estadual com o controle do intenso fluxo turístico para a região, ponto extremamente problemático na contenção da disseminação do vírus.

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

No lockdown temporário de Natal, as prefeituras da região pediram maior rigor do governo do controle das estradas estaduais, não foram atendidas e descumpriram a determinação de fase vermelha temporária, permanecendo na amarela. O imbróglio gerou mal estar entre a Baixada e o Governo estadual, que endureceu o tom.    

Interdição de Praias no período de réveillon foi estipulado pelo Condesb para conter avanço do coronavírus na região (Praia de Santos interditada nesta quinta-feira, 31. Foto: Juliana Steil/G1)

Desta vez, porém, as prefeituras não pediram fechamento das estradas ao governo estadual e sim a instalação de barreiras sanitárias nas vias e aumento do efetivo da polícia militar nas cidades.

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

Na rabeira de Santos, São Vicente também optou por não interditar as praias. Kayo Amado (Podemos), prefeito da cidade, anunciou que atividades físicas individuais seguem permitidas nos espaços. A gestão municipal da cidade reiterou o mesmo pedido de colaboração e bom senso da população que tem feito há meses.

Fase Vermelha

A fase vermelha é a mais restritiva do plano São Paulo. Nela, apenas são autorizados os serviços considerados essenciais como padarias, farmácias, mercados e, agora, igrejas e escolas, que foram incluídas no rol de serviços essenciais por meio de decretos estaduais.

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

Todas as cidades do estado entram na fase vermelha com toque de restrição após as 20h a partir deste sábado (06) (Foto: Reprodução - Governo Estadual)

Da mesma forma, bares, restaurantes, shopping centers e comércios, considerados não essenciais, são proibidos de funcionar na fase vermelha.

Além da reclassificação, o governo estadual antecipou para as 20h o início do ‘’toque de restrição’’, na nomenclatura do governo. A medida busca coibir festas e aglomerações noturnas no horário em que elas mais tem ocorrido. Antes o toque de restrição se iniciava às 23h e ia até as 5h. Agora, ele se inicia às 20h e continua perdurando até as 5h.

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade
Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

O Portal Costa Norte é um dos veículos de comunicação do Sistema Costa Norte de Comunicação, empresa que atua no litoral paulista há mais de vinte e oito anos levando informação a toda a população com seriedade e imparcialidade.

Sistema Costa Norte de Comunicação© Copyright 2022Todos os direitos reservados ao Sistema Costa Norte de Comunicação.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por