A Secretaria Municipal de Saúde de Bertioga divulgou na noite de quinta-feira, 17, o último balanço atualizado de novos casos de coronavírus na cidade. De acordo com a secretaria, 4.903 testes para coronavírus foram notificados desde o começo da pandemia.

Participe dos nossos grupos http://bit.ly/COSTAINFO5 📲 Informe-se, denuncie

Confira a situação em tempo real em outras cidades: Praia Grande - Guarujá - Mongaguá - São Sebastião - Ilhabela - Caraguatatuba

Atualmente são 1.700 casos confirmados, 96 notificações seguem sob suspeitas do novo coronavírus, investigadas e com acompanhamento da Vigilância Epidemiológica; (uma pessoa está internada em Unidade de Terapia Intensiva).

Outras 1.646 pessoas estão recuperadas; 36 bertioguenses perderam a vida para o vírus; um óbito segue em investigação, 3.107 exames foram descartados até o momento.

Confira a lista completa de onde são os moradores com casos confirmados em Bertioga:

Centro - 185

(3 isolados, 179 recuperados e 3 óbitos);

Jardim Vicente de Carvalho - 182

(3 isolados, 176 recuperados e 3 óbitos);

Chácaras - 178

(1 isolado, 173 recuperados e 4 óbitos);

Indaiá - 163

(2 isolados, 159 recuperados e 2 óbitos);

Rio da Praia - 155

(1 isolado, 148 recuperados e 6 óbitos);

Boracéia - 119

(1 isolado, 117 recuperados e 1 óbito);

Vista Linda - 122

(2 isolados, 119 recuperados e 1 óbito);

Albatroz - 86

(1 internado, 78 recuperados e 7 óbitos);

Maitinga - 81

(3 isolados, 77 recuperados e 1 óbito);

Vila Itapanhaú - 69

(67 recuperados e 2 óbitos);

Jardim Paulista - 62

(61 recuperados e 1 óbito);

Ana Paula - 54

(53 recuperados e 1 óbito);

Guaratuba - 42

(40 recuperados e 2 óbitos);

Jardim Rafael - 60

(58 recuperados e 2 óbitos);

Parque Estoril - 30

(todos recuperados);

Riviera - 63

(1 isolado e 62 recuperados);

Sítio São João - 17

(todos recuperados);

Vila Agaó  - 14

(todos recuperados);

Jardim São Lourenço - 10

(todos recuperados);

 Caiubura - 6

(todos recuperados);

Itaguá - 2

(todos recuperados).

Como o coronavírus é transmitido?

Por se tratar de uma doença nova, os cientistas ainda estão descobrindo uma série de fatores relacionados a ela. Mas já se sabe que a transmissão se dá por contato com secreções contaminadas, como gotículas de saliva, espirro, tosse e catarro. Deve-se evitar o contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão, e contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, o nariz ou os olhos.

Você sabe como se proteger?

- Lave com frequência as mãos até a altura dos punhos, com água e sabão, ou então higienize com álcool em gel 70%.

- Ao tossir ou espirrar, cubra nariz e boca com lenço ou com o braço, e não com as mãos.

- Evite tocar olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.

- Ao tocar, lave sempre as mãos como já indicado.

- Mantenha uma distância mínima de cerca de 2 metros de qualquer pessoa tossindo ou espirrando.

- Evite abraços, beijos e apertos de mãos. Adote um comportamento amigável sem contato físico, mas sempre com um sorriso no rosto.

- Higienize com frequência o celular e os brinquedos das crianças.

- Não compartilhe objetos de uso pessoal, como talheres, toalhas, pratos e copos.

- Mantenha os ambientes limpos e bem ventilados.

- Evite circulação desnecessária nas ruas, estádios, teatros, shoppings, shows, cinemas e igrejas. Se puder, fique em casa.

- Se estiver doente, evite contato físico com outras pessoas, principalmente idosos e doentes crônicos, e fique em casa até melhorar.

- Durma bem e tenha uma alimentação saudável.

- Utilize máscaras caseiras ou artesanais feitas de tecido em situações de saída de sua residência.