A prefeitura de Santos pagará em dezembro quatro parcelas do programa cartão Bolsa-Alimentação Santista aos 8.339 estudantes em situação de vulnerabilidade social da rede municipal de ensino e de entidades subvencionadas já beneficiados. A medida visa garantir a segurança alimentar das famílias no período de suspensão temporária e emergencial das aulas em razão da pandemia da covid-19.

Participe dos nossos grupos ➤ https://bit.ly/COSTAINFO3 📲 Informe-se, denuncie!

O pagamento corresponde aos meses de setembro, outubro, novembro e dezembro. Ao todo são 5.091 cartões (um por família), que já estão em posse de seus beneficiários, cujos valores serão depositados em data a ser definida esta semana e comunicada às famílias pelas escolas. A bolsa-alimentação mensal será de R$101 para alunos de creche; R$ 63 para pré-escola; e R$ 55 para Ensino Fundamental.

O anúncio do benefício foi feito pelo prefeito Paulo Alexandre Barbosa durante transmissão ao vivo nas redes sociais, realizada na noite deste domingo, 22. “Vamos pagar, de uma vez só, quatro parcelas. Quem tem filhos em creche receberá R$ 404; na pré-escola, R$ 252; e no ensino fundamental, R$ 220. A prefeitura já tem os recursos reservados para isso. Foi um ano difícil para todo mundo e faremos nossa parte junto a essas famílias que mais precisam”.

Os critérios de prioridade para obter o cartão bolsa-alimentação são: famílias em situação de extrema pobreza que não recebem Bolsa Família; famílias em situação de extrema pobreza que recebem Bolsa Família; e famílias em situação de pobreza que recebem a contribuição federal. A busca foi realizada a partir dos dados do Cadastro Único do Governo Federal.