A prefeitura de Praia Grande liberou as atividades esportivas individuais na faixa de areia e calçadão da orla. A medida ocorreu após a Região Metropolitana da Baixada Santista seguir na fase amarela do Plano SP, do Governo do Estado, de retomada da economia e combate ao novo coronavírus (covid-19). Para normatizar as medidas, a cidade instituiu o decreto municipal nº 7025. Assinado pelo prefeito do município, Alberto Mourão, as diretrizes já estão em vigor.

O decreto está publicado no site da prefeitura de Praia Grande ( www.praiagrande.sp.gov.br ), na área de legislação, e vigorará enquanto perdurar a emergência de saúde pública decorrente da pandemia de covid-19.

Participe dos nossos grupos ℹ📲  bit.ly/GRUPOCNGUARUJA  🕵‍♂Informe-se, denuncie!

Com o decreto, fica autorizada a caminhada ou corrida na faixa arenosa e nas calçadas na orla da praia. Além disso, o “Beach” Tênis, esportes no mar, como o surfe e a natação, desde que individuais e a pescaria artesanal também foram liberados.

A prática das atividades mencionadas fica condicionada a utilização de máscaras de proteção e o distanciamento mínimo de 4 metros (quatro metros) entre os praticantes.

Em Praia Grande, segue a proibição da utilização de cadeiras de praia, guarda-sol e consumo de alimentos e bebidas na faixa areia ou qualquer outro recurso ou comodidade que propicie a permanência ou parada prolongada de pessoa ou grupo na faixa de areia, sem que estejam circulando ou praticando esportes permitidos no decreto.

Outras medidas de destaque: 

A abertura do Parque Municipal Ézio Dall’acqua (Portinho) exclusivamente para pescaria, restaurante e esportes individuais em horários determinados, autorização do funcionamento de estabelecimentos com esporte recreativo e competitivo privado, como escolas de natação, society e futsal, academias de esportes individuais e centros de ginástica.

A partir do dia 14 de agosto fica autorizado também o funcionamento das Feiras de Artesanato, observados o distanciamento e os protocolos sanitários adotados no decreto municipal.

Todas as atividades contam com protocolos específicos que devem ser seguidos, com ênfase nas questões voltadas a higiene. As medidas foram debatidas e embasadas através de dados e estudos da equipe técnica da Secretaria de Saúde Pública (Sesap) da cidade.

A prefeitura do município destaca a continuidade das ações para a retomada da economia e em defesa do comércio e serviços da cidade; estando autorizado, temporariamente, a abertura gradual e controlada das atividades econômicas, Shopping center, Galerias, Estabelecimentos congêneres, Comércio de rua, Serviço de Beleza, Estética (salões de beleza, manicures, pedicures, clínicas de podologia, estúdios de maquiagem, barbearias e cabeleireiros; procedimentos estéticos e de modificação corporal, estúdios de tatuagem e piercing, depilação convencional e a laser, clínicas de estética, clínicas de fisioterapia, acupuntura e quiropraxia, entre outros).

Reabertura das escolas:

Escolas públicas e privadas de cidades que estiverem na fase amarela há 28 dias poderão reabrir espaços para reforço e atividades opcionais a partir do dia 8 de setembro.

"A escolha de reabertura para atividades opcionais e reforço a partir de 8 de setembro é uma decisão que cada escola deve tomar através de um processo de consulta que envolve a comunidade escolar, pais, estudantes e educadores", defendeu o governador João Doria (PSDB).

A data foi adiada por recomendação do Centro de Contingência do Coronavírus para garantir uma margem de segurança ainda maior para as crianças, adolescentes, professores, gestores e profissionais da rede pública e privada de ensino e, obviamente, para os seus familiares", completou.