Continua após a publicidade
Continua após a publicidade
prorroga

Fest Aruanda do Audiovisual Brasileiro prorroga inscrições

EBC Geral
06/08/2022 às 11:45.
Atualizado em 06/08/2022 às 11:48
Continua após a publicidade
Continua após a publicidade
Reprodução (Reprodução)

Reprodução (Reprodução)

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

A 17ª Edição do Fest Aruanda do Audiovisual Brasileiro já recebeu, até o dia 2, a inscrição de 535 filmes de cineastas brasileiros, a maioria de curta metragem. O festival acontecerá na Paraíba, no período de 1º a 7 de dezembro. Devido a várias solicitações de produtores e realizadores, a organização do Fest Aruanda decidiu prorrogar as inscrições até o próximo dia 27. Quem quiser ainda pode se inscrever na plataforma especial do festival, no site oficial do evento.

O produtor-executivo do festival, Lúcio Vilar, disse à Agência Brasil que a expectativa é se aproximar, este ano, de 700 trabalhos inscritos. Em 2022, o festival volta a ser 100% presencial e acontecerá no Cinépolis, no Manaíra Shopping, em João Pessoa, com convites distribuídos gratuitamente uma hora antes de cada sessão.

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

“O festival oferecerá, durante uma semana, sessões de graça para o público, visando a democratização”, disse Vilar. Homenagens

Este ano, o Aruanda terá homenageados pós-morte, que são o jornalista, poeta, crítico e cineasta paraibano Jurandir Moura, morto prematuramente em 1980, aos 40 anos de idade, em um acidente de carro; e o professor da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), cineasta e encenador teatral Eliezer Rolim, morto este ano de complicações da covid-19. Serão exibidos três curtas-metragens de Jurandir Moura em sessões especiais do festival.

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

No ano passado, o festival fez uma revisão histórica do cinema nacional, a partir da homenagem ao ator Othon Bastos. Nessa 16ª edição, o festival teve sua identidade visual inspirada no cangaceiro e no filme Deus e o Diabo na Terra do Sol, de 1964, do diretor Glauber Rocha, que eternizou a imagem de Othon Bastos.

Lúcio Vilar disse que, como todo festival, o Aruanda trabalha muito com produções contemporâneas, mas tem sempre um olhar voltado para a história do cinema brasileiro ou da cinematografia paraibana.

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

“O festival sempre se pauta por essa necessidade de se voltar para nossa própria história, até porque ela não foi ainda devidamente contada, principalmente a cinematografia paraibana. E o festival é sempre uma oportunidade de reavivar nomes, trajetórias, filmes e atores”, disse.

Em 2020, em função do início da crise sanitária, o festival foi realizado no formato híbrido, com apenas as sessões de abertura e encerramento presenciais. O restante, englobando debates, mesas redondas, conferências e oficinas, ocorreu virtualmente. Em 2021, o evento também foi no formato híbrido, mas com uma capacidade maior de sessões presenciais. Novidades

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

Lúcio Vilar revelou que este ano a organização do Aruanda pretende trabalhar com o TikTok, aplicativo de mídia para criar e compartilhar vídeos curtos, a exemplo do que já está ocorrendo com outros festivais, como o Festival de Cinema de Gramado. Em parceria com a Secretaria de Educação da Paraíba, a ideia é promover um concurso para incentivar estudantes da rede pública de ensino a produzirem filmes de até 3 minutos, que possam ser editados nesse formato e concorrer a prêmios.

Outra novidade da edição 2022 é o lançamento da Plataforma AruandaPlay, criada em 2020 por causa da pandemia da covid-19, mas agora em caráter permanente.

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

“Pensamos que ela pode oferecer tela para quem não tem tela, o ano inteiro. O streaming é uma tendência que veio para ficar. Já não é uma tendência. É uma realidade. E essas plataformas nos salvaram do tédio completo durante a pandemia”, disse o produtor-executivo do Fest Aruanda.

A expectativa é que a plataforma AruandaPlay esteja no ar até setembro próximo, constituindo uma ferramenta adicional e ligada ao festival, com outros focos, inclusive na educação.

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

Mais uma vez o evento tem patrocínio master da Energisa/Usina Cultural, Cagepa-PB, PBGás e do Banco do Nordeste do Brasil (BNB), com chancela da Universidade Federal da Paraíba (UFPB).

Edição: Fernando Fraga Fonte: EBC Geral

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade
Continua após a publicidade
Continua após a publicidade
Continua após a publicidade
Continua após a publicidade
Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

O Portal Costa Norte é um dos veículos de comunicação do Sistema Costa Norte de Comunicação, empresa que atua no litoral paulista há mais de trinta anos levando informação a toda a população com seriedade e imparcialidade.

Sistema Costa Norte de Comunicação© Copyright 2022Todos os direitos reservados ao Sistema Costa Norte de Comunicação.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por