O município de Praia Grande passou para a fase 6-Amarela da quarentena contra o coronavírus, região avançou para a nova fase de flexibilização econômica do Plano São Paulo, nesta sexta-feira, 10, anúncio foi feito pelo governador João Doria (PSDB).

A reclassificação permite a reabertura menos restritiva, de outros tipos de comércio como clubes sociais, restaurantes, bares e salões de beleza.

PROIBIÇÕES E FISCALIZAÇÃO

Desde o dia 20 de março, quando foi publicado o decreto que restringe o acesso de pessoas na faixa de areia em Praia Grande em razão da pandemia, equipes da Guarda Civil Municipal (GCM) e da Secretaria de Trânsito (Setran) realizam diariamente ações de orientação sobre as medidas de prevenção.

Atividades permitidas:

De acordo com o documento, fica autorizada, temporariamente, a abertura gradual e controlada das atividades econômicas na cidade, compatível com a fase amarela para os seguimentos de Shopping Center, galerias e estabelecimentos congêneres; comércio de rua e serviços.

Com o avanço, a Baixada Santista, que inclui as cidades de Santos, Guarujá, São Vicente, Cubatão, Peruíbe, Mongaguá, Itanhaém, Bertioga além de Praia Grande poderão iniciar, a partir da próxima segunda-feira, 13, a retomada no funcionamento de restaurantes, salões de beleza e academias, além de iniciar a contagem regressiva para reabertura de espaços e eventos culturais com público sentado. Também poderão ser retiradas as restrições impostas à abertura de escritórios e concessionárias.

Vale ressaltar, porém, que a liberação das atividades depende de decretos municipais, emitidos por parte das prefeituras das região. (Elas, no entanto, têm manifestado interesse em flexibilizar a quarentena).