EVITE DOR DE CABEÇA

Conheça as novas regras do litoral paulista e evite ser multado neste verão

Especialista esclarece sobre as novas regras, normas e leis no litoral, que vai de horários e locais para passear com cachorros, armar tendas e até mesmo jogar futebol, vôlei e frescobol

Da redação
14/01/2022 às 13:51.
Atualizado em 14/01/2022 às 14:24
Conheça as novas regras do litoral paulista e evite ser multado neste verão (Reprodução: Hebe Dorado)

Conheça as novas regras do litoral paulista e evite ser multado neste verão (Reprodução: Hebe Dorado)

Durante a temporada de verão os turistas que pretendem descer a serra e seguir para as cidades da Baixada Santista e Litoral Norte, podem acabar infringindo normas e leis municipais que regulamentam a prática de esportes como futebol, vôlei e frescobol na praia, sem nem mesmo saber que elas existem.

Na maioria dessas cidades, a fiscalização é feita pela Guarda Civil Municipal (GCM), que pode apreender raquetes, bolas e outros equipamentos esportivos. No entanto, a maioria dos turistas e até mesmo os moradores desconhecem tais restrições e proibições.

Clique e faça parte do nosso grupo no WhatsApp ➤ http://bit.ly/CostaNortesonoticias4

& receba matérias exclusivas. Fique bem informado! 📲

Em um recente artigo, a especialista em Direito Ambiental e Regulatório Renata Franco escreveu sobre o pertinente assunto. Segundo a especialista, muitas dessas normas são importantes para manter a ordem em uma época em que as praias estão sempre lotadas.

“Porém, é de suma importância que as prefeituras locais façam campanhas para que todos tenham conhecimento dessas normas para não ter problemas nas férias de verão”, salienta.

As cidades do Litoral Norte de São Paulo possuem legislação específica proibindo a presença de animais nas praias, podendo o dono ser multado em valores que variam de R$ 250 a R$ 1,6 mil.

Em Santos, por exemplo, a prática de frescobol é proibida das 9h às 17h, nos meses de dezembro a março. Já o futebol, só pode ser jogado até às 9h da manhã e, após às 18h. Além disso, fazer piqueniques e andar de bicicleta pelos jardins da orla de Santos também é proibido. Já no Guarujá é proibido armar tendas e barracas na praia.

Em Ubatuba, uma lei que entrou em vigor em janeiro, dá poder à GCM de apreender bicicletas de ciclistas que desrespeitem as leis de trânsito. Segundo a prefeitura serão punidos os ciclistas que cometerem infrações como desrespeitar sinal vermelho e trafegar na contramão, no trecho de 3 km de uma ciclovia localizada no centro.

No restante da cidade estarão sujeitos à apreensão da bicicleta aqueles que trafegarem sobre calçadas e calçadões.

O trânsito de bicicletas nas praias está liberado. Para reaver a bicicleta, o dono terá que pagar uma taxa de R$ 5,00 e será obrigado a apresentar um documento, como nota fiscal, que comprove a posse.

Já em São Sebastião, poderá ter problema o turista que quiser acampar nas praias da cidade. Caso alguma barraca seja encontrada, a fiscalização vai orientar o dono a desmontá-la e, se houver resistência, ela será apreendida.

Cães agora são permitidos em Santos

Cidades do litoral norte de São Paulo possuem legislação específica proibindo a presença de animais nas praias (Divulgação: Comunicação AMZ)

Mas também há uma novidade em meio às proibições litorâneas: Santos é o primeiro município do Estado a permitir a circulação de animais em trecho da areia.

A prefeitura da cidade sancionou a lei complementar que autoriza cães na praia, desde o dia 1º de janeiro de 2022, em um projeto-piloto, com área delimitada e uma série de regras, sendo elas:

- A circulação dos animais na praia é restrita ao trecho da orla do bairro José Menino, entre o submarino e o posto 1, entre 6h e 9h e 16h e 19h, diariamente;

- O condutor do animal deve ser maior de 18 anos;

- O tutor fica obrigado a recolher, imediatamente, as fezes de seu cão e descartá-las em local apropriado, sob pena de multa;

- Será permitido o uso dos chuveiros da orla da praia pelos cães na área demarcada para presença dos animais;

- O órgão responsável pelo controle de balneabilidade das praias deverá realizar, mensalmente, coleta e análise da qualidade sanitária da areia da área demarcada pelo Poder Público;

O resultado das análises mensais da qualidade sanitária das areias deverá ser divulgado no site oficial da prefeitura e publicado no Diário Oficial do Município.

Por fim, Renata orienta que para evitar passar apuros, os turistas que pretendem aproveitar o verão das cidades de praia devem se informar no site da cidade pretendida e checar quais são as regras e leis vigentes do município.

 ***Você bem informado em 5 minutos! Clique aqui e assine GRÁTIS a Newsletter do Costa Norte ➥ https://bit.ly/newslettercostanorte & leia sua dose diária de informação direto no e-mail

O Sistema Costa Norte de Comunicação atua no litoral paulista há mais de vinte anos levando informação a toda a população com seriedade e imparcialidade

Entre em contato:

Reclamações ou sugestões:

redacao@costanorte.com.br

Comercial e parcerias:

contato@costanorte.com.br

© 2021 Todos Os Direitos Reservados Ao Sistema Costa Norte de Comunicação

Desenvolvido por

Distribuído por