Uma cadela esperou por mais de um mês na frente de um hospital em Nerópolis (GO) pelo dono que morreu de covid-19. Na última sexta-feira (2) ela finalmente foi adotada por um morador que se comoveu com a história. “Menininha” como é chamada passou a ser cuidada por funcionários do hospital desde que o dono não resistiu ao tratamento.

 

Faça parte do nosso grupo no WhatsApp ➤http://bit.ly/CNnoticiasdolitoral E receba matérias exclusivas. Fique bem informado! 📲

 

De acordo com a auxiliar de limpeza Daniela de Abreu, do hospital Sagrado Coração de Jesus, o dono foi internado em fevereiro, mas morreu dias depois. Desde então, funcionários do hospital colocavam comida e água para a cadela todos os dias.

 

"Ela chegou junto com o dono. Quando o dono foi para a sala de internação, ela chegou a entrar várias vezes dentro do hospital atrás dele, e a gente tinha que colocar ela para fora. Até que o dono subiu e foi para a UTI. Com isso, ela não saiu mais da porta e nós ficamos cuidando dela", afirmou Daniela.

 

A cidade se comoveu com o caso e o delegado, André Fernandes, que trabalha no município, fez um vídeo para procurar uma nova casa à Menininha. André ressaltou que devido ao fluxo de pacientes e mortes pelo novo coronavírus, não foi possível identificar quem era o dono da cadela.

 

A adoção veio após o post viralizar e com o apoio de uma associação protetora de animais, o delegado conseguiu uma casa para Menininha, além de ter arrecadado R$ 1 mil para custear seu tratamento e comprar ração.

 

"Ela está com a doença do carrapato e exige cuidados especiais nos próximos 28 dias, além disso ela espera por filhotes. Menininha é exemplo de persistência e fidelidade. Logo terá filhotes com o mesmo perfil", disse André.