Arquivo 19/05/2017--82

Redação
Publicado em 18/05/2017, às 21h00 - Atualizado em 23/08/2020, às 17h52

FacebookTwitterWhatsApp

Jornal Costa Norte 19 de maio de 2017 82 tar educação de alto nível. Nossos professores são qualificados. Entretanto, temos carência de coordenação pedagógica. Estamos na média do ensino brasileiro. Mas podemos melhorar”. Operacionalmente, o maior problema é conseguir reformar, construir e equipar esco - las. A maioria não possui quadras esportivas e todas precisam de novos móveis nos refei- tórios. Com 531 professores, a rede municipal tem 18 unidades de ensino fundamental 1, nove Núcleos de Educação Infantil Municipal (Neim), uma creche terceirizada, e o Centro de Educação Especializado (CEE). Neste ano, 8.542 alunos matricularam-se na rede municipal. Das 580 crianças fora das escolas infantis, no início de 2017, 180 foram atendidas e 400 aguardam vagas. Destas, 150 devem ser atendidas na nova Neim que está pronta para funcionar na Vila Itapanhaú; de - pende, apenas, da contratação de funcioná- rios e professores, o que está previsto para o segundo semestre de 2017. Para dar as- sistência aos 38 alunos do CEE, professores passaram a ocupar o cargo de auxiliar técnico educativo gratificado, no contraturno de seus horários de aula. Para a obrigatória capacitação dos profes- sores, em um terço da carga horária deles, em vez de quatro atividades periódicas, centradas em leitura, como antes, agora a formação tor - nou-se contínua, por meio de atividades on- -line. E o polêmico plano de carreira do magis- tério será novamente colocado em discussão entre eles. Um dos planos da secretaria é promover a inclusão digital das escolas, com conexão de internet e carrinhos com tablets, que vão às Em 2017 há 8.542 alunos matriculados na rede municipal. Ampliar e melhorar as instalações das escolas é necessidade urgente Fotos Diego Bachiega

Comentários

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!